Caboclo Roxo realizará apresentação online nesta terça feira no Teatro Sesi

Música regional, reggae e rock! É com essa mistura de ritmos, que a banda Caboclo Roxo pretende surpreender o público do Terça

Postado em: 08-08-2021 às 17h54
Por: Redação
Toda semana, o Teatro Sesi faz o Terça no Teatro, com diversas atrações goianas, no formato online devido a pandemia de covid-19. Foto: Divulgação

Música regional, reggae e rock! É com essa mistura de ritmos, que a banda Caboclo Roxo pretende surpreender o público do Terça no Teatro. A apresentação híbrida ocorre nesta terça-feira (10/08), a partir das 20h. O show vai ser transmitido pelo canal do Teatro SESI no YouTube (www.youtube.com/teatrosesigo) com tradução para Libras. E, de forma distanciada com todos os protocolos de segurança contra a Covid-19, uma plateia reduzida de 120 pessoas poderá conferir de perto a apresentação.

“Siga no compasso que o coração dá. Siga no compasso que o seu coração dá!” Esse é o trecho de uma das músicas da Caboclo Roxo. Os integrantes adentraram o Brasil profundo, das matas, dos rincões e mananciais da mais rica cozinha rítmica do nosso cancioneiro, fincando a bandeira do Divino nas dez cordas da viola caipira, demarcando o território goiano na sonoridade universal.

O sentimento da banda é de alegria em poder apresentar a sua arte musical. “Vamos mostrar um trabalho praticamente novo, porque a gente não fez o lançamento do disco. Pois, quando a gente lançou já entrou a pandemia. Então, vai ser praticamente o lançamento do nosso álbum”, afirma o vocalista Rodrigo Kaverna.

Continua após a publicidade

O show terá ainda uma das principais tradições dos indígenas do nordeste brasileiro, o toré. É um ritual, que envolve dança circular, em fila ou pares, acompanhada por cantos, ao som de maracás, zabumbas, gaitas e apitos. “A gente vai fazer esse toré para trazer um pouco da cultura indígena para o palco. Eles estão passando por um momento difícil na história do Brasil com essa coisa da PL 490, com essa questão da demarcação do território. Então, vai ser uma forma de dizer que estamos juntos com os índios também”, explica.

Histórico

A banda Caboclo Roxo está invadindo a área com a flecha certeira da música brasileira. São canções autorais que permeiam a cultura popular, indo as nascentes, as origens dos batuques ancestrais Tupis Nagôs. A dança do povo negro, do povo índio, do povo mestiço se une aos timbres e texturas da música contemporânea, dos bits eletrônicos a eletricidade do rock e suas vertentes para uma experiência sonora poderosa.

O ano era 2002, o local: nas aulas de percussão ministradas pelo Mestre Alemão. Foi nesse ambiente que os participantes da oficina se juntaram e montaram o embrião que seria a banda Caboclo Roxo. Fizeram o circuito cultural de Goiânia participando dos principais eventos e festivais, além de oficinas de percussão. Sempre semeando música e possibilidades afirmativas para a cultura popular de Goiás. Agora com um novo álbum a banda invade os ouvidos, cérebros e corações e mostra a força da natureza e a junção de seus elementos mais primitivos e mais sofisticados.

Terça no Teatro

O “Terça no Teatro”, programa permanente do Teatro SESI – o braço cultural da Federação das Indústrias do Estado de Goiás – FIEG, realiza apresentações de dança, teatro e música toda terça-feira até o final do ano. Essa temporada 2021 é viabilizada pela Lei de Incentivo à Cultura, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo, com o patrocínio do Instituto Cultural Vale.

Em parceria com a FIEG+Solidária estão sendo arrecadados alimentos para artistas e trabalhadores da cultura que enfrentam dificuldades, neste período de pandemia. Portanto, caso queira fazer uma contribuição de alimentos não perecíveis, os entregue na sede do Teatro SESI, no setor Santa Genoveva de Goiânia. As doações serão encaminhadas para essa classe artística, ao final de cada mês.

Veja Também