Eduardo Costa leva calote de R$ 10 milhões ao vender mansão para ex-jogador

Cantor pede R$ 1 milhão de indenização, já prevista em contrato, após comentarista não cumprir combinado.

Postado em: 26-08-2021 às 16h01
Por: Luan Monteiro
Cantor pede R$ 1 milhão de indenização, já prevista em contrato, após comentarista não cumprir combinado | Foto: Reprodução

O cantor Eduardo Costa pediu ajuda a Justiça de Minas Gerais para cobrar multa de quebra contratual contra o ex-jogador de futebol, Fábio Júnior Pereira. Na ação, protocolada em 17 de dezembro de 2020, o cantor apresenta um documento de compromisso, que não foi cumprido pelo ex-jogador.

O contrato de venda, assinado em julho de 2020, o cantor negocia um imóvel por R$ 10 milhões. A residência tem 820,7 metros quadrados de construção e é localizada em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Costa explica, na ação, que o combinado seria uma sinalização de R$ 6 milhões e o resto do valor, R$ 4 milhões, seria pago em 36 parcelas de R$ 111 mil. Porém, nenhum valor teria sido pago mesmo com duas notificações extrajudiciais.

Continua após a publicidade

O cantor ainda diz que teria direito a receber uma multa no valor de R$ 1 milhão referente à cláusula de 10% prevista em caso de inadimplência. Ele quer a rescisão do contrato.

Veja Também