Whindersson Nunes e Felipe Neto trocam farpas nas redes sociais

Postado em: 10-09-2021 às 15h47
Por: Luan Monteiro
Whindersson chegou a debochar de Felipe Neto: “Parabéns, é o próprio Jesus”, disse | Foto: Reprodução

Os humoristas Whindersson Nunes e Felipe Neto protagonizaram uma briga no Twitter.  Tudo começou após um internauta sugerir a Whindersson financiar o Vasco da Gama para realizar a contratação de Philippe Coutinho. O internauta ainda comparou a atitude de Felipe Neto e Marcelo Adnet que ajudaram o Botafogo financeiramente. “Tá na hora do Whindersson Nunes gastar seus milhões com o Vasco, juntar com outro vascaíno famoso e trazer o Coutinho de volta”, disse o perfil.

Whindersson não gostou da sugestão e rebateu: “Tô financiando uma pesquisa para um motor adaptado para motorizar qualquer tipo de cadeira de rodas e um dispositivo que deixa uma mancha fluorescente nos buracos das estradas pra ninguém se acidentar à noite, já que não tapam os buracos. Não vou gastar nada com time, só torcer”.

O jornalista José Passini também entrou na briga ao dizer que Whindersson teria sido traído por Luísa Sonza por conta da recusa em ajudar o Vasco. “Por isso que tu é corno”, diz o tweet que foi apagado em seguida.

Na sequência, Passini fez um tweet em comemoração por ter desestabilizado o youtuber. “Tive que apagar o tweet, mas fica o registro do dia que entramos na mente do homem que se negou a ajudar o Vasco da Gama!”. Os seguidores de Whindersson mostraram pra ele o tweet apagado, que deixou sob aviso: “Tenho show e os dados também, é muito fácil achar jornalista, todos se conhecem”.

Felipe Neto só passou a protagonizar a briga ao tentar defender Passini. Felipe se dispôs a cobrir os custos do jornalista com advogados. “Quem quiser fazer mal a @ZePassini terá que me derrubar primeiro”. E completou: “Irmão, tu vai ter mais advogado que o Eike Batista”.

Ele também afirmou que ajuda causas sociais. “Faço doações a todo tipo de instituto, ONG e movimento. Investi quase 1 milhão de reais na criação do Instituto VERO de educação digital. Criei o movimento Cala Boca Já Morreu de apoio para pessoas perseguidas por opinião e vou gastar em time sim”, listou.

Em seguida, Whindersson rebateu. “Parabéns, é o próprio Jesus”.

https://twitter.com/whindersson/status/1436282720351629314?s=20
Compartilhe: