Diretor de marketing explica como funcionará as regras para jogo-teste diante do Brasil de Pelotas

Postado em: 15-09-2021 às 19h31
Por: Victor Pimenta
Tiago explicou o passo a passo e os critérios dos convites para os torcedores acompanharem a rodada deste final de semana | foto: Rosiron Rodrigues / Goiás EC

O Goiás se prepara para receber em torno de 1.500 torcedores neste sábado (18), no estádio Hailé Pinheiro para acompanhar a partida diante do Brasil de Pelotas na Série B. Isso se dá por conta da liberação do STJD em relação ao retorno da torcida aos estádios.

Assim, a diretoria esmeraldina fará a partida diante do Brasil de Pelotas, como jogo-teste visando até mesmo o clássico no próximo sábado (25), diante do Vila Nova. Para isso, 30% da capacidade máxima do estádio poderá acompanhar o jogo da Série B e em caso de aprovação, nas próximas partidas podendo aumentar o número de torcedores, mas tem critério e regras para ir aos jogos.

“Quando nós decidimos fazer como convite e não como venda e observamos que tiveram algumas dúvidas. Então não quem vai ao jogo são convidados amigos nossos e sim porque de fato será uma modalidade convite. Então vou apresentar para vocês os critérios que definimos, porque são critérios objetivos, as regras que iremos seguir para que a gente possa ter uma eficiência e como funcionará a operação no dia de jogo”, disse Tiago, diretor de marketing do Goiás.

Sem poder comercializar os ingressos nesse jogo-teste, a princípio funcionará na forma de convites aos torcedores que estão entre as quatro categorias citadas por Thiago: os doadores de cadeira, sócios adimplentes, sócios proprietários e conselheiros do clube. Os convites foram mandados na manhã desta quarta-feira (15), por meio de e-mail.

Depois de receber os convites, o torcedor convidado ainda terá que estar apto para ir ao jogo neste sábado (18), receberão um link onde completarão as informações e subirão por forma de upload mostrando o cartão do Conecte SUS apresentando que já tomou as duas doses da vacina, ou um teste de PCR ou um teste de antígeno desde que esteja impresso em um papel timbrado de quem fez o exame. Os convidados terão até às 23 horas desta quinta-feira para enviar e confirmar todas as informações.

“Depois faremos uma checagem um a um desses torcedores, das pessoas que enviaram suas informações, que enviaram os seus exames para que caso haja qualquer quantitativo inferior, a gente vai oportunizar para novos torcedores participarem desse convite também”, ressaltou o diretor.

Além do mais, outro detalhe bastante inovador, que os seguranças do estádio estarão com câmeras frontais full HD acopladas nos bonés para que possam manter a segurança dos torcedores, onde será transmitido em tempo real para os computadores do Goiás. Brigou, depredou, atirou objetos no campo, as imagens serão capturadas e usadas como prova de bloquear o acesso ao estádio, além de reparação dos danos do clube.

“É obrigatório permanecer o tempo inteiro com a máscara, exceto quando for comer ou beber. Então, aqueles torcedores que eventualmente insistirem em descumprir essa regra, poderão sim ter sua atenção chamada pelo segurança e alguns casos até, serem convidados a se retirar do estádio”, pontuou Tiago Pinheiro.

O decreto da prefeitura veta qualquer tipo de comércio nas imediações, na parte externa do estádio, assim provavelmente não terá a presença de ambulantes e comerciantes ao redor comercializando seja camisas ou comidas, já que o cambista também não terá pelos ingressos serem vendidos de forma online. Assim, o clube deve liberar na parte interna os bares, onde comercializarão água, suco, cerveja e na parte da comida, produtos seguros, fechados e sem tanto contato com o ar livre.

Compartilhe: