Artistas da Globo temem que novos cortes sejam anunciados durante live do CEO da emissora

Postado em: 14-10-2021 às 09h54
Por: Ícaro Gonçalves
Desde o primeiro semestre de 2021, a emissora já cortou mais de R$ 280 milhões em salários. Expectativa é de que novos cortes ocorram em novembro | Foto: Reprodução

O anúncio de uma live que será realizada em circuito interno pelo CEO do Grupo Globo acendeu o sinal de alerta nos corredores da emissora. O receio é de que a live seja para anunciar novas demissões entre os funcionários da empresa, que vem operando com prejuízos sucessivos.

Desde o primeiro semestre de 2021, a emissora já cortou mais de R$ 280 milhões em salários. Mesmo assim, o Grupo Globo chegou ao fim do último mês de junho acumulando um prejuízo de R$ 144 milhões. Novos cortes são esperados para o próximo mês de novembro.

Leia também: Entenda o motivo da “dança das cadeiras” no quadro de apresentadores da Rede Globo

As sucessivas demissões têm gerado constantes trocas no quadro de artistas e apresentadores da emissora.

O jornalista e apresentador Tadeu Schimdt, a frente do Fantástico junto de Poliana Abritta, recentemente assinou contrato para ser o novo apresentador do reality Big Brother Brasil. A mudança ocorreu após a saída de Tiago Leifert da apresentação do programa.

O anúncio oficial da mudança ocorreu na noite de domingo (10/10), durante o Fantástico. Tadeu atendeu a um “Big Fone” especial e recebeu um vídeo de J.B. Oliveira, o Boninho, com a convocação para o reality.

Maju Coutinho, atualmente no Jornal Hoje, é a mais cotada para assumir a vaga de Tadeu. Em seu lugar deve entrar César Tralli do SP1. O jornal local de São Paulo será capitaneado por Alan Severiano.

Antes disso, Fausto Silva também havia sido afastado do quadro de funcionários da empresa após mais de 20 anos à frente do “Domingão do Faustão”, o que fez com que Luciano Huck fosse para o programa de domingo e Marcos Mion assumisse as tardes de sábado.

Compartilhe: