Cofundador do Twitter, Jack Dorsey anuncia saída do cargo de CEO da rede social

Desde os rumores de sua saída, as ações da companhia tiveram uma alta de 11% na bolsa de valores.

Postado em: 29-11-2021 às 14h49
Por: Almeida Mariano
Desde os rumores de sua saída, as ações da companhia tiveram uma alta de 11% na bolsa de valores | Foto: Reprodução

O norte-americano Jack Dorsey, um dos cofundadores do Twitter, anunciou nesta segunda-feira (29) que irá deixar o cargo de CEO, presidente executivo, da empresa. O executivo confirmou sua saída pelo próprio perfil da rede social. Jack estava no cargo desde 2015, e agora quem vai assumir o posto é Parag Agrawal, atual presidente de tecnologia da empresa (CTO).

Dorsey compartilhou em seu Twitter um e-mail que havia sido enviado para sua equipe. “Fala-se muito sobre a importância de uma empresa ser ‘liderada pelo fundador’. Em última análise, acredito que isso é muito limitante e um ponto único de falhas. Trabalhei muito para garantir que essa empresa pudesse se distanciar de seus fundadores e sua fundação”, disse ele.

Junto com o anúncio de Agrawal como novo presidente executivo, também foi anunciado a entrada de Bret Taylor, presidente e diretor de operações de uma importante investidora do Twitter, a Salesforce, no conselho administrativo da rede social. Em maio de 2022 Dorsey também deve deixar o cargo de presidente do conselho, para, segundo ele, “dar ao Parag o espaço de que ele precisa para liderar”.

Continua após a publicidade

Um dos principais motivos da saída de Dorsey é pelo fato de ele ocupar o cargo de diretor-presidente de duas empresas, o Twitter e a Square, uma companhia de meios de pagamentos que ele fundou em 2009. O bilionário republicano norte-americano Paul Singer, do fundo de investimentos Elliott Management, que comprou ações do Twitter, em 2020, já articulava desde o ano passado sobre a saída de Dorsey. Paul alegava que o CEO devia ser líder de apenas uma empresa para dar a importância necessária para o cargo, e pelo que tudo indica Dorsey deve optar pela Square.

Após os rumores da saída de Dorsey, as ações da companhia tiveram uma alta de 11% na bolsa de valores americana Nasdaq.

Veja Também