Festival de Adoção de cães e gatos ganha edição especial de Natal; confira os detalhes

Postado em: 17-12-2021 às 17h39
Por: Giovana Andrade
A ação, que acontece na área externa de shopping goiano, vai reunir cerca de 50 animais castrados, vacinados e vermifugados, prontos para receberem um novo lar. | Foto: Divulgação

Como parte da programação de Natal, o Passeio das Águas Shopping, em parceria com a ONG Santuário, promove, neste sábado (18/12), mais um evento de adoção de animais de estimação, todos castrados, vacinados e vermifugados. A ação acontece na área externa da praça de alimentação, das 12h às 19h, e vai reunir cerca de 50 animaizinhos, entre cães e gatos, que em maioria são sem raça definida.

Para adotar, é necessário apresentar documento de identificação pessoal completo, comprovante de endereço e ser maior de 18 anos. Os candidatos a adotantes irão passar por uma triagem e entrevista, e devem preencher uma ficha e um termo de adoção.

Além disso, a organização destaca que é importante que todos que moram na residência que irá receber o animal estejam de acordo com acolhimento. Os interessados em adotar um dos animais deverão pagar uma taxa de R$ 40,00, que será destinada para manter a ONG, que possui elevados gastos para realizar resgates e manter os animais, com aplicação de vacinas e vermífugos, entre outras despesas da ONG.

Com a pandemia, o número de animais abandonados aumentou bastante. Segundo Neide Santos, fundadora da ONG, são várias as causas. “Muitas pessoas ficaram sem trabalho e sem condições de manter seus pets, animais ficaram órfãos e a família não pode ou não quis ter mais uma despesa financeira. Isso fez com que muitos fossem abandonados. Espero que neste mês de Natal possamos encontrar um lar para todos eles”, conta com expectativa.

Sobre o abrigo

Fundado pelo casal de protetores Neide e David Santos, o Santuário é um refúgio para animais de rua, abandonados e maltratados. Antes de serem acolhidos, os cães e gatos resgatados recebem os primeiros socorros em clínicas parceiras, onde também são realizados exames, tratamentos, internações e, em casos mais graves, cirurgias.

A ONG, que não tem fins lucrativos, recebe ajuda de voluntários para manter o ritmo de resgates e se orgulha de estar entre os grupos de proteção mais atuantes no Estado de Goiás. São muitos animais salvos por mês, não apenas em Goiânia, mas também em cidades do interior.

Compartilhe: