Intimidade exposta: saiba o que fazer caso você tenha um nude vazado na internet

Postado em: 23-01-2022 às 15h00
Por: Igor Afonso
BBB22 começou a menos de uma semana e já teve participante com nudes vazados; saiba o que fazer | Foto: reprodução

O BBB22 mal começou e já está rendendo polêmicas aos participantes, incluindo um caso de exposição íntima de uma das sisters. Essa atitude não é nova na web e pode afetar, não só o convívio social da vítima, mas também sua saúde mental. Você sabe o que fazer caso tenha um nude vazado?

As pessoas que têm fotos íntimas expostas podem recorrer à Justiça para denunciar quem vazou. A Advogada e especialista em atendimento de vítimas de violência, Taisa Steter, listou três passos que estas vítimas devem seguir e o primeiro deles: é juntar provas.

“Tire prints e arquive como forma de provar que as fotos foram exibidas. Quando possível, mostrar junto do print o nome da pessoa que divulgou ou o grupo de mensagens em que foi divulgado. Esses documentos podem ser levados a um cartório com o intuito de fazer uma Ata Notarial, um documento que autentifica fatos e situações de forma que eles não possam ser contestados no futuro e em julgamento”, explica. 

O segundo passo é registrar uma ocorrência. “O Boletim de Ocorrência deve ser feito e, de preferência, que as provas sejam entregues à Delegada ou Delegado para enriquecer o inquérito policial que será aberto para apuração dos fatos criminosos. Recomenda-se que a vítima esteja acompanhada de uma advogada ou um advogado para que nenhum detalhe importante do depoimento fique de fora. Assim, as chances de sucesso são ainda maior”, ressalta Taisa.

E por fim, a advogada explica que “com o acompanhamento de uma advogada ou um advogado especializado ou através da Defensoria Pública, é preciso solicitar um mandado de busca domiciliar na casa da pessoa que supostamente vazou os arquivos”.

A pena para este crime é de 1 a 5 anos de reclusão e pode ser aumentada de ⅓ (um terço) a ⅔ (dois terços) se o crime é praticada por agente que mantém ou tenha mantido relação íntima de afeto com a vítima ou com o fim de vingança ou humilhação: Revenge porn ou pornografia de vingança é a expressão usada para denominar o ato de expor, na internet, fotos ou vídeos íntimos de terceiros, sem o consentimento dos mesmos. Casos do tipo costumam acontecer, na maioria das vezes, quando um casal termina o relacionamento e uma das partes divulga as cenas íntimas na rede mundial de computadores, com o objetivo de vingar-se, ao submeter o ex-parceiro a humilhação pública.

Compartilhe: