Morre Arnaldo Jabor, aos 81 anos, por complicações de um AVC

Jabor estava internado desde 17 de dezembro, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Postado em: 15-02-2022 às 09h30
Por: Ícaro Gonçalves
Jabor estava internado desde 17 de dezembro, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) | Foto: Reprodução

O jornalista, escritor e cineasta carioca Arnaldo Jabor, faleceu na madrugada desta terça-feira (15/2) aos 81 anos, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Jabor estava internado desde 17 de dezembro, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Mesmo com uma melhora em seu quadro neurológico, divulgada pelo hospital no final de dezembro, Jabor não resistiu às sequelas e veio a falecer.

Arnaldo Jabor fez parte da geração do cinema novo e dirigiu sucessos como “Toda Nudez Será Castigada”, de 1972, e “Eu Te Amo”, de 1981, além de grandes obras da literatura nacional como “Amor é Prosa, Sexo é Poesia” (2004) e “Eu sei que vou te amar” (2007), em que revisita a história do filme de mesmo nome.

Na década de 1990, ganhou ainda mais destaque com seus comentários nos telejornais da TV Globo, como o Jornal Nacional, Jornal da Globo e no Bom Dia Brasil, bem como na rádio CBN. Ficou conhecido pelos comentários irônicos e cáusticos, bem como por seu tom polemista.

Continua após a publicidade

Ainda não há previsão para o local e horário de seu velório. Mais informações em breve.

Veja Também