Grupo O Hoje de Comunicação lança podcast ‘Papo Xadrez’

Apesar do tom informal que o podcast assume, os apresentadores e produtores não perdem em momento algum seu compromisso social e ético enquanto jornalistas

Postado em: 19-02-2022 às 08h21
Por: Redação
Apesar do tom informal que o podcast assume, os apresentadores e produtores não perdem em momento algum seu compromisso social e ético enquanto jornalistas | Foto: divulgação

Por: Guilherme de Andrade

Tendência no mercado, os podcasts são as novas formas de o público ter um conteúdo informativo, dinâmico, acessível e, em muitos casos, com capacidade de aprofundar temas que não cabem nos 30 segundos dos stories. Pensando na modernização e na valorização que os tempos de internet trouxeram e consolidaram, o grupo de comunicação O Hoje lança na próxima segunda-feira, 21, às 19h40, seu primeiro podcast, o Papo Xadrez.

Toda segunda-feira um novo episódio vai ser transmitido ao vivo pelo canal Papo Xadrez no YouTube. Cortes das gravações irão alimentar as redes sociais e o streaming do jornal ao longo de toda a semana. Apresentado pelos jornalistas Felipe Cardoso e Yago Sales, o primeiro convidado é o jornalista, empreendedor e apresentador Matheus Ribeiro.

Continua após a publicidade

A intenção desse novo produto é levar ao público conteúdos do cotidiano de uma forma simples e descontraída, mas, claro, com profissionalismo e respeito. Personalidades do mundo da política, da arte ou até mesmo desconhecidos da mídia, seja quem for o convidado, serão recebidos com a seriedade e o carisma dos profissionais do O HOJE. O bate-papo será conduzido com o intuito de entreter, informar e, claro, mostrar a importância da história de cada um. Para isso, uma equipe de produtores vai se empenhar semanalmente para encontrar as melhores personalidades. Cada convidado deverá saber que nenhuma pergunta deixará de ser feita pelos jornalistas Felipe e Yago.

Apresentadores

Felipe Cardoso é jornalista com atuação na área de política desde 2015. Ele escreve para o jornal O Hoje e é apresentador do programa Momento Político, no canal O Hoje News do Youtube. Familiarizado com a cena política goiana, ele transita com facilidade pelos bastidores, revelando o suficiente para mudar os rumos do jogo da política. Repórter aguçado, convive bem com as histórias que houve dos políticos – que muitas vezes pedem sigilo. No Papo Xadrez, por outro lado, ele deve tirar essas respostas ao vivo.

Yago Sales é um cronista, jornalista com destaque na cobertura Política, Direitos Humanos e Meio Ambiente. Já escreveu para veículos nacionais e internacionais. Atualmente é repórter especial e colunista da Xadrez do Jornal O Hoje. Premiado, tem como principal característica a curiosidade que transmite na forma de arrancar revelações de seus entrevistados. Garante que vai deixar o convidado à vontade, mas com a ironia que todo bom papo exige. Matheus, convidado do primeiro episódio, foi o primeiro âncora goiano a assumir o comando do Jornal Nacional, na Rede Globo. Já trabalhou como âncora nas TV’s Anhanguera, Bandeirantes e Record. Ele acumulou ao longo de sua jornada vivências de opressão, luta, polêmicas e conquistas. De origem humilde no interior de Goiás, o jornalista que começou sua carreira na televisão promete trilhar, agora, um caminho na política. No Papo Xadrez, ele vai contar sobre sua caminhada para chegar até aqui e, claro, de seus próximos passos. Deverá revelar bastidores.

Expectativa

Apesar do tom informal que o podcast assume, os apresentadores e produtores não perdem em momento algum seu compromisso social e ético enquanto jornalistas. A ideia aqui é o casamento ideal entre entretenimento e jornalismo. A proposta é condensar o universo de conteúdos que as empresas jornalísticas produzem no cotidiano, e apresentá-los de uma forma ‘não cansativa’ e que o consumidor da informação consiga, de fato, compreender o cenário abordado. Acima de tudo, queremos boas conversas.

De olho nas modernidades, o presidente do Grupo O Hoje, José Allaesse, afirma que a proposta é entregar aos consumidores um conteúdo despojado, sem amarras, com liberdade. “Com o vídeo e ao vivo, o convidado vai ficar mais à vontade para bater um papo. O que buscamos é fazer desse novo produto uma ponte entre as pessoas que têm algo para contar, revelar e discutir com um público cada vez mais curioso e exigente”, diz Allaesse.

Para ele, a nova forma de entregar conteúdo não exige muito além do que a capacidade dos envolvidos no projeto de respeito, mas também de, em nome da pluralidade, dar liberdade aos convidados. “Tudo será feito com muito cuidado técnico e preparo por parte dos jornalistas envolvidos”. Sobre o nome, Allaesse conta que se inspirou na coluna política Xadrez, publicada diariamente na versão impressa e distribuída em PDF e no site do jornal. “A coluna passou recentemente por uma reformulação quando o jornalista Yago Sales assumiu. Com um jeito contundente de contar os bastidores da política goiana, já é uma referência em Goiás pela forma corajosa de ser feita”, destaca.

Quando questionado sobre a concepção desse novo projeto, Yago Sales conta: “A ideia de um podcast é tapa rum buraco neste tipo de formato. Atiçar a curiosidade do público, convencer pessoas que têm histórias boas a nos contar tudo o que costumam esconder. Mas não apenas isso. É conversar com personagens do nosso cotidiano”. Podemos esperar, em alguns episódios, por algo não tão convencional, já que as portas do Papo Xadrez estão abertas para essas figuras do nosso dia a dia que, apesar de anônimas para a grande mídia, têm as melhores histórias para contar.

Felipe Cardoso, por sua vez, comenta a dinâmica que se pode esperar do podcast: “Entrevistas rotineiras nem sempre nos revelam aquilo que realmente gostaríamos de saber sobre determinada personalidade. Sem burocracia, a ideia aqui é simples: escutar o que jamais foi dito. Por trás de cada convidado haverá sempre um lado desconhecido. E é lá que queremos chegar”. Independente do convidado, a postura dos entrevistadores diante do assunto dará ritmo e consolidação ao conceito Papo Xadrez. “Um papo de boteco”, brinca Felipe. (Especial para O Hoje)

Veja Também