Professor de Universidade é investigado por suspeita de tráfico internacional de órgãos

Responsável pelo laboratório de anatomia humana na Universidade do Estado do Amazonas, o suspeito enviou um pacote contendo uma mão e três placentas para Singapura

Postado em: 22-02-2022 às 16h08
Por: Alexandre Paes
Responsável pelo laboratório de anatomia humana na Universidade do Estado do Amazonas, o suspeito enviou um pacote contendo uma mão e três placentas para Singapura | Foto: Divulgação PF

Na manhã desta terça-feira (22/2), a Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação contra o tráfico internacional de órgãos humanos, onde teve como alvo um laboratório de anatomia de uma universidade de Manaus. De acordo com as investigações, uma mão e três placentas teriam sido contrabandeadas para Singapura, e o receptor seria um famoso designer indonésio que vende peças produzidas de tecidos humanos.

A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) relatou que a Polícia Federal realizou a busca e apreensão de um computador e peças anatômicas tratadas por meio de plastinação, utilizadas como prática de ensino da disciplina, no laboratório de Anatomia.

Em nota publicada hoje (22), a UEA informou o afastamento do professor de suas funções públicas. ” O professor de Anatomia, da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA/UEA), identificado como Helder Bindá Pimenta, foi afastado pelo prazo de 30 dias das atividades de docência na instituição”, afirma a nota.

Continua após a publicidade

Após tomar conhecimento do Ofício que determinou o afastamento cautelar do professor investigado e da ação de busca e apreensão no laboratório supracitado, a Reitoria da Universidade do Estado do Amazonas cumpriu a ordem judicial e determinou a abertura de sindicância para a apuração dos fatos e responsabilidades.

Os agentes da PF também realizaram a busca e apreensão na casa do suspeito do crime, para reunir provas e investigar o caso. Se condenado, o investigado poderá responder pelo crime de tráfico internacional de órgãos humanos com pena de até 8 anos de reclusão.

Veja Também