Número de idosos mortos por Covid-19 volta a crescer indicando a necessidade de uma quarta dose

Quarta dose pode ajudar a bloquear a circulação da Covid-19

Postado em: 03-03-2022 às 12h58
Por: Cecília Sampaio
Quarta dose pode ajudar a bloquear a circulação da Covid-19 | Foto: Reprodução

Desde o começo da vacinação o número idosos que morriam por causa da Covid-19 estava em queda, mas depois de um ano os números voltam a crescer. O causador é o fato da grande maioria dessa faixa etária ter completado o esquema vacinal há quatro meses e se encontrarem mais vulnerável.

Na cidade Goiânia nas últimas duas semanas houveram 77 óbitos de pessoas com 60 anos ou mais, sendo que desde o começo da Ômicron, em dezembro, morreram menos de 400 pessoas nessa faixa etária, isso de acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Saúde de Goiânia . É um avanço muito alto para só duas semanas, vendo o quadro estável em que se encontrava.

Já em Goiás o número de óbitos desse mesmo grupo no último mês 302 sendo 375 o número de óbitos, de acordo com os dados divulgados no site da Secretaria de Saúde de Goiás . Todos esses dados deixam claro que deve ser implantada a quarta dose no esquema vacinal, deixando todos grupos protegidos.

Continua após a publicidade

A necessidade da quarta dose já vem sendo discutida desde do final do ano passado e a rápida disseminação da variante Ômicron mostrou que ela é uma necessidade. O fato dos idosos voltarem a ser um grupo mais vulnerável, por terem tomado a terceira dose já a cerca de 4 meses só ajuda a deixar mais claro.

Esse é o momento certo, pois de acordo com os especialistas, após tantas infecções e aumentando o número de vacinados poderemos bloquear a circulação do vírus no país.

Veja Também