Gloria Maria revela que começou a assistir BBB durante a pandemia e sua aposta para o vencedor do prêmio

No programa 'Encontro', a jornalista comentou ainda sobre sua percepção a respeito do posicionamento dos participantes da casa

Postado em: 03-03-2022 às 15h32
Por: Maria Paula Borges
No programa 'Encontro', a jornalista comentou ainda sobre sua percepção a respeito do posicionamento dos participantes da casa | Foto: TV Globo

A jornalista Gloria Maria participou do programa ‘Encontro’, desta quinta-feira (3/3). Durante o programa, ela afirmou que nunca havia assistido Big Brother Brasil até a pandemia, mas que passou a acompanhar o reality devido a quarentena e até brincou que quase virou “especialista” no assunto.

“Pela primeira vez na minha vida estou assistindo [ao BBB], não viajo há dois anos. Então vi ano passado aqueles meses todos e virei especialista em BBB quase”, disse.

Ao analisar a participação dos brothers e sisters da casa mais vigiada do Brasil, os participantes da edição de 2022 ainda estão com receio de se entregar 100% ao jogo. “Gosto de controvérsia, polêmica, problema, confusão. Tem alguns que estão criando uma confusãozinha, mas alguns estão acomodados”.

Continua após a publicidade

Segundo Gloria Maria, a falta de movimentação no jogo é causada pelo medo de deixar o programa. “O medo de ir embora provoca confusão. Agora que faltam dois meses, muita coisa vai acontecer. É igual aos animais, ficam um estudando o outro. E depois que eles acham que têm controle da área começam a mostrar as garras”, declarou.

Sobre quem vai ser o grande sortudo que levará o prêmio de R$ 1,5 milhão, a jornalista apostou em Natália e pontuou os motivos que a fariam chegar até a final e vencer. “Ela foi tão pressionada, massacrada, que ela também incomoda, como aquele menino do outro BBB [Lucas Penteado] que teve um problema com a Karol Conká. Acho que as pessoas ficaram comovidas com ela”, opinou.

Além disso, Gloria Maria disse gostar bastante de Pedro Scooby, mas afirmou que ele tem medo de se posicionar dentro do jogo. “Ele está mais acostumado a enfrentar a onda, mas ele tem que ir à luta. Não vai enfrentar a galera do BBB? Enfrenta ondas gigantes e tá com medo da galerinha?”, disse.

A jornalista opinou ainda sobre Jade Picon, e questionou se o posicionamento da influenciadora dentro da casa não seria uma espécie de “personagem”. “Será que isso não é um personagem [a respeito de não conseguir fazer tarefas domésticas]? Até a Lady Di sabia lavar roupa, cortar cebola. Não é um personagem que ela criou? As pessoas têm um certo fascínio por rico”, afirmou.

Veja Também