Peça de meia tonelada de foguete Falcon 9 cai em zona rural do Paraná e quase esmaga moradores

Depois de cumprir a missão, ele permaneceu em órbita da Terra até o dia 8 deste mês, quando entrou em nossa atmosfera cruzando os céus de Santa Catarina e Paraná

Postado em: 18-03-2022 às 11h49
Por: Alexandre Paes
Depois de cumprir a missão, ele permaneceu em órbita da Terra até o dia 8 deste mês, quando entrou em nossa atmosfera cruzando os céus de Santa Catarina e Paraná. | Foto: Reprodução/Internet

Na última quarta-feira (16,3) os moradores de uma propriedade rural em São Mateus do Sul, da região sudeste do Paraná, encontraram o que especialistas apontam como um pedaço do foguete Falcon 9, da SpaceX, do bilionário Elon Musk. O objeto foi encontrado no terreno do casal João Ricardo Pacheco e Joseane Maria Franco. O material de quase 600 kg estava a cerca de 50 metros da casa onde eles moram e a 30 metros da rodovia às margens da chácara.

“Quando vi a peça caída no chão, achei que era uma barraca e fiquei bem assustado. Nunca tinha visto isso antes. Por aqui, é tudo muito inédito. Imagina se isso cai em cima da minha casa? O estrago ia ser muito grande”, disse Ricardo, a Tilt.

“Na terça-feira a gente ouviu um barulho muito grande, parecia zinco caindo. Fez o barulho, parou e não conseguimos descobrir o que se tratava, já que estava chovendo. Só ontem descobrimos o que era”, acrescentou ele.

Continua após a publicidade

“Embora seja necessária uma análise in loco para uma conclusão definitiva, a BRAMON acredita que existe uma enorme possibilidade que o objeto seja, de fato, a tubeira do motor Merlin 1D do foguete Falcon-9 da SpaceX que reentrou em nossa atmosfera no último dia 8 de março”, disse a instituição, em nota.

Segundo Marcelo Zurita, diretor técnico da Bramon (Rede Brasileira de Observação de Meteoros), inicialmente os astrônomos não acreditavam se tratar de um lixo espacial pelo fato da peça ser de um material muito fino e grande, que não suportaria o calor envolvido na entrada do objeto na atmosfera terrestre.

A confirmação veio depois de analisado outros estágios do foguete, que tinham semelhanças com o objeto encontrado em São Mateus do Sul. A peça é feita de uma liga de nióbio e titânio, que garante à estrutura uma resistência adicional às altas temperaturas, o que explicaria o fato de ela ter resistido à reentrada atmosférica, de acordo com o astrônomo.

O Falcon-9 foi lançado em dezembro de 2021 da Base da Força Espacial dos Estados Unidos, na Flórida. Depois de cumprir a missão, ele permaneceu em órbita da Terra até o dia 8 deste mês, quando entrou em nossa atmosfera cruzando os céus de Santa Catarina e Paraná.

Veja Também