Sexta-feira, 03 de fevereiro de 2023

Entenda o que é alopecia, condição de Jada Smith que motivou agressão ao humorista Chris Rock

O humorista Chris Rock comentou sobre a calvície da esposa de Will, Jada Pinkett Smith, causada por uma doença chamada alopecia, o que desencadeou a agressão.

Postado em: 28-03-2022 às 11h51
Por: Ícaro Gonçalves
O humorista Chris Rock comentou sobre a calvície da esposa de Will, Jada Pinkett Smith, causada por uma doença chamada alopecia, o que desencadeou a agressão | Foto: Reprodução

A cerimônia de entrega do Oscar neste domingo (27/3), oficialmente chamada de The Academy Awards, foi marcada pelo episódio de agressão de Will Smith contra o apresentador Chris Rock. O humorista comentou sobre a calvície da esposa de Will, Jada Pinkett Smith, causada por uma doença chamada alopecia, o que causou sua fúria e desencadeou a agressão.

Em sua apresentação, Chris Rock disse que mal podia esperar para ver Jada estrelar “G.I. Jane 2”. No longa de 1997, “G.I. Jane”, a atriz Demi Moore raspou os cabelos para dar vida a uma tenente da elite da Marinha Americana.

“Vai ter o G.I. Jane 2”, disse Chris, falando o nome do filme em inglês. Neste momento, Will subiu até o palco, deu um tapa em Chris, voltou para a plateia e então gritou duas vezes: “Mantenha o nome da minha esposa fora da p* da sua boca”. Após a confusão, cresceram as buscas sobre o que seja a alopecia e quais seus efeitos.

Continua após a publicidade

Condição autoimune

A alopecia é uma condição autoimune associada à queda de cabelos ou pelos do corpo, tanto de homens como de mulheres, que pode ser causada por diversos fatores. A atriz Jada Pinkett Smith, esposa do ator Will Smith, decidiu adotar os cabelos raspados por conta do distúrbio. Ela pode existir em diferentes formas, mas as principais são a Alopecia Areata e a Androgenética.

Jada Smith sofre da primeira condição, chamada de areata. Esta é uma doença inflamatória que provoca a queda de cabelo devido a uma desordem no sistema imunológico, que reconhece o folículo piloso como um corpo externo, atacando-o. Especialistas afirmam que a condição tem correlação com situações em que existam estresse ou condições neuropsiquiátricas.

A queda pode ocorrer em áreas isoladas do corpo ou em toda sua superfície, dependendo da gravidade | Foto: Reprodução

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, quando os os cabelos nascem novamente podem ser brancos, retornando depois à coloração normal. O tratamento pode ser realizado com medicamentos como minoxidil, corticoides e antralina, de maneira associadas a tratamentos mais agressivos como sensibilizantes (difenciprona) ou metotrexate.

Já a alopecia androgenética é a conhecida calvície. Está relacionada à queda de cabelos geneticamente determinada. Homens e mulheres são afetados pela calvície, que se torna mais aparente a partir dos 40 ou 50 anos.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a doença se desenvolve desde a adolescência, quando o estímulo hormonal aparece e faz com que, em cada ciclo do cabelo, os fios venham progressivamente mais finos.

O tratamento pode ser feito com produtos que estimulam o crescimento dos fios, como o minoxidil e bloqueadores hormonais, com o intuito de interromper o processo e recuperar parte dos cabelos.

Veja Também