Pouco antes de morrer, Paulinha Abelha se encontrou com pastora que ‘previu’ seu falecimento

Postado em: 31-03-2022 às 09h48
Por: Redação
Renallida Carvalho conta que a cantora teve um sonho antes de procurá-la; “Tinha uma cova na frente” | Foto: Reprodução

A Pastora Renallida Carvalho revelou à coluna de Leo Dias, do Metrópoles, nessa quarta-feira (30/03), que duas semanas antes de Paulinha Abelha ser internada, ela viu a morte da cantora. A pastora conta que Paulinha teve um sonho em Deus orientava que ela procurasse pela religiosa. 

Renallida disse que o encontro das duas aconteceu de forma espontânea. A cantora fazia um show em João Pessoa, na Paraíba, quando teve o sonho. Por volta de 0h, do dia 31 de janeiro deste ano, Paulinha foi até a casa da religiosa, acompanhada do marido, do companheiro de banda Daniel Diau, um amigo e outro profissional da equipe, que não foram reconhecidos pela pastora. Renallida conta que desde o momento em que eles chegaram Deus se revelou e o casal que havia se afastado de sua relação espiritual aceitou o convite de “voltar para Jesus”.

Enquanto fazia orações, a pastora contou que viu cenas muito fortes, que mostravam algo ruim para a vocalista do Calcinha Preta. “Passei para todos na minha sala que tinha uma cova diante dela. Eu estava orando e repreendendo aquilo”. Renallida também afirmou que Deus alertou Paulinha para que ela cuidasse da saúde e tocou no estômago dela. “Deus avisou para ela na minha casa”. 

A religiosa também disse que Paulinha não sentiu medo dos avisos, mas ficou maravilhada e feliz por ter se reaproximado de sua relação espiritual. Naquela época, a cantora não reclamava de nenhum sintoma ou algo que indicasse problema de saúde. Segundo diz Renallida, além do sonho, outro motivo que levou Paulinha a se encontrar com ela, foi o desejo de ser mãe. “Ela não se queixava de nada, mas quando Deus falava ela confirmava tudo, dizendo que tudo na revelação era verdade”, afirmou.

Logo após exatamente 24 dias da visita, saiu a notícia da morte de Paulinha Abelha. A pastora conta que no velório, questionou a Deus o motivo disso, mas que agora entende que a aproximação dela com o lado espiritual foi necessária e estava nos planos. “Ela falava: eu quero voltar para os caminhos, ficar mais próxima de Deus’ e Ele disse que estava com ela”.

Depois das orações na casa da pastora, Paulinha planejou uma gravação de música das duas juntas e estava determinada a fazer a parceria musical acontecer. Nas próximas semanas, as duas não tiveram mais contato, mas Renallida diz que recebia áudios da cantora relembrando do encontro e afirmando que foi uma “benção”.

Compartilhe: