Com 84 andares, arranha-céu mais estreito do mundo tem unidades por até US$ 66 milhões

Postado em: 12-04-2022 às 15h58
Por: Cecília Sampaio
O diretor da SHoP Architects, Gregg Pasquarelli, disse “um projeto de proporções extraordinárias e épico grandeza” à CNN. | Foto: Reprodução

Steinway Tower, o arranha-céu mais estreito do mundo, foi concluído recentemente e já é considerado um novo ícone do horizonte de Nova York. A cada 24 metros de comprimento tem um de largura.

Ele mede 435 metros ficando abaixo apenas de dois prédios na cidade de Nova York: One World Trade Center, com 541 metros, e Central Park Tower, com 472 metros de altura. O empreendimento tem 60 apartamentos em 84 andares. Ele se localiza na rua 11 West com a 57th Street.

O diretor da SHoP Architects, do escritório que projetou o prédio, Gregg Pasquarelli disse “um projeto de proporções extraordinárias e épico grandeza” à CNN. 

O prédio está à espera dos moradores agora, os apartamentos estão custando US$ 7,75 milhões, para um estúdio, a US$ 66 milhões para a cobertura.  A Torre faz parte do Steinway Hall, edifício histórico de 1925, é um antigo centro cultural que foi transformado em casas de luxo. É conhecida como a antiga casa do fabricante de piano Steinway and Sons e uma sala de concertos.

O prédio vem da inspiração dos prédios de Hong Kong da década de 1970, esse tipo de prédio é conhecido como torres de lápis. O escritório disse ter se inspirado nos arranha-cèus da década de ouro de Manhattan.

Compartilhe: