“Sempre estarei ao seu lado”, desabafa namorado do repórter esfaqueado em Brasília

Gabriel segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Brasília. Ele chegou a dar os primeiros passos no sábado com auxílio de uma fisioterapeuta

Postado em: 19-04-2022 às 11h58
Por: Alexandre Paes
Gabriel segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Brasília. Ele chegou a dar os primeiros passos no sábado com auxílio de uma fisioterapeuta | Foto: Arquivo Pessoal

Lucas Machado, namorado de Gabriel Luiz, jornalista da TV Globo que foi esfaqueado por dois jovens na noite de quinta-feira (14/4), usou suas redes sociais para fazer um desabafo sobre o ocorrido. “Nessa semana, desde que nos conhecemos, foi a primeira vez que acordei sem uma mensagem sua de “bom dia” que tornava o meu mundo um lugar melhor. Estou e sempre estarei ao seu lado. Te amo!”, postou Lucas.

O jornalista foi atingido por pelo menos 10 facadas, atingindo o pescoço, o abdômen, o tórax, os braços e a perna. Ele foi socorrido, primeiramente, no Hospital de Base, onde passou por cirurgia, e depois foi transferido para o hospital particular.

Gabriel Luiz, por sua vez segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Brasília, no Lago Sul, onde já foi extubado e está lúcido e consciente. O jovem chegou a dar os primeiros passos no sábado com auxílio de uma fisioterapeuta.

Continua após a publicidade

“Gabriel continua reagindo bem. Dormiu melhor nesta noite, menos agitado. Fez alguns exames. (A equipe médica) está vendo a possibilidade de liberar uma dieta líquida e continuar o tratamento. Estamos confiantes” descreve o pai do jornalista.

Investigação continua

A Polícia Civil informou na sexta-feira (15) que trabalha com a hipótese de tentativa de latrocínio e descarta outras linhas de investigação até o momento. A corporação identificou dois suspeitos, que teriam levado R$ 250 da carteira de Gabriel Luiz, mas descartado o celular por risco de serem rastreados.

Um jovem de 17 anos, que teria aplicado um mata-leão na vítima, foi atingido por facada na perna e procurou atendimento médico. Ele foi apreendido numa praça, segundo policiais, e confessou a participação no crime em depoimento.

Já o outro suspeito é José Felipe Leite Tunholi, 19, que foi preso enquanto tentava fugir para Paracatu (MG) com € 550. Ambos os suspeitos negaram conhecer Gabriel Luiz e só teriam descoberto quem era a vítima após a repercussão do caso.

Veja Também