Pai suspeito de matar filhas de 5 e 6 anos é preso após manter as crianças como reféns, em SP

Postado em: 25-05-2022 às 18h55
Por: Ana Bárbara Quêtto
O homem foi preso em flagrante por homicídio. | Foto: Reprodução.

Nesta terça-feira (24/5), um homem foi preso sob a suspeita de matar as duas filhas e mantê-las reféns por seis horas antes de ser pego pela Polícia Militar, em Taquarituba, na região de Bauru, interior de São Paulo. As vítimas foram encontradas mortas com cortes no pescoço, dentro da casa do pai, no final da tarde de ontem.

Segundo a PM, uma equipe foi acionada no fim da manhã do dia 24, por um suposto vazamento de gás na região, notado pelos vizinhos. Chegando lá, o homem que estava dentro da casa se negou a abrir a residência aos militares e logo anunciou que estava mantendo as filhas reféns.

A Polícia Militar informou que o suspeito declarou que as crianças estavam amarradas dentro da casa, durante horas. Sem as mostrar para os militares, em certo momento durante as negociações houve uma brecha e a polícia entrou na residência, já que o homem não apresentava provas de que as meninas estavam vivas.

Ao adentrar à casa, ambas estavam deitadas com cortes no pescoço, uma na cama e outra no chão do quarto, além disso, o suspeito foi visto com armado com uma faca. Conforme o Corpo de Bombeiros, nenhuma das duas estavam se movimentando e a casa estava com cacos de vidro por toda parte.

De acordo com a PM, o homem foi detido com uma arma de choque e tiro de borracha. Ele não declarou o motivo do crime e foi preso em flagrante por homicídio.

Compartilhe: