Após relação de 14 anos, Brad Pitt processa Angelina Jolie e acusa a atriz de violar diretos contratuais

Postado em: 07-06-2022 às 19h30
Por: Ana Bárbara Quêtto
No processo, ele diz que Angelina "nunca contribuiu com nada para o sucesso de Miraval". | Foto: Reprodução.

Seguindo os passos de Johnny Deep, Brad Pitt e Angelina Jolie também podem entrar em uma batalha judicial. O ator entrou com um novo processo contra a ex-mulher e acusa a triz de difamação. Segundo a revista People, Pitt alega que Angelina teria prejudicado a reputação da empresa de vinhos, Chateau Miraval, que uma vez foi do casal.

A atriz teria vendido metade da marca para “um estranho”, algo que ambos juraram nunca fazer, sem o consentimento do outro. Nos documentos, a equipe judicial de Brad alega que, para Jolie “Miraval se tornou seu projeto passional, que acabou se transformando em um negócio global milionário”, de acordo com a revista People.

No processo, ele diz que Angelina “nunca contribuiu com nada para o sucesso de Miraval”. A atriz vendeu sua participação na companhia do casal holywoodiano em outubro de 2021, para a empresa Tenute del Mondo. A nova acionista pretende assumir controle da vinícola, e Brad quer reverter isso.

“Angelina Jolie perseguiu e depois consumou a suposta venda em segredo, propositalmente mantendo Pitt no escuro e violando conscientemente os direitos contratuais de Pitt”, diz o processo judicial dos advogados do ator. Conforme os contratos, a companhia dele tinha preferência na compra, e portanto a venda violou o contrato.

“Ela vendeu sua participação com o conhecimento e a intenção de que Shefler e seus afiliados iriam querer controlar o negócio em que Pitt estava envolvido e minar o investimento de Pitt na Miraval”, conclui o texto.

Leia mais em: Angelina Jolie tira o sobrenome de Brad Pitt da fundação que criou com o ator

Separação

Os dois estão divorciados desde 2016, mas em setembro de 2021 o ator pediu uma nova audiência na corte sobre a separação. Em entrevista para o Guardian’s Weekend, Jolie conta momentos delicados que passou ao lado de Brad.

A estrela explica que pediu a separação “pela segurança de sua família”. Ela fala viveu experiências traumatizantes. “Foi muito difícil para mim estar em uma posição em que senti que deveria me separar do pai de meus filhos”, expôs.

Angelina também acusou o galã de ter abusado verbalmente das crianças. Durante uma viagem a Los Angeles, Brad Pitt teria gritado com um dos filhos do casal, Maddox Jolie-Pitt. A mãe conta que foi “um momento horrível”. O pai confessou que gritou com os filhos e admitiu ter passado por problemas de alcoolismo, mas negou ter abusado fisicamente deles.

Saiba mais em: Brad Pitt e Angelina Jolie se separam e a internet não perdoou

Compartilhe: