Parecido com o TikTok? Documento vazado mostra como pode ser novo feed do Facebook

Postado em: 17-06-2022 às 17h56
Por: Ícaro Gonçalves
O objetivo é criar uma rede com conteúdos mistos entre publicações do feed com vídeos do Reels | Foto: Reprodudução/Shutterstock

Um vazamento de informações internas da empresa Meta, controladora do Facebook, revelou que a rede social mais popular do planeta pode se tornar cada vez mais parecida com o TikTok. O documento na qual correm a informação vazou em abril e trata de um conjunto de ações pensadas pelo chefe do aplicativo do Facebook, Tom Alison.

Segundo o portal The Verge, a ideia é transformar o feed principal da rede social em um conjunto de posts recomendados, inclusive de pessoas desconhecidas, similar ao que ocorre com os vídeos do TikTok. Hoje, a plataforma prioriza a exibição de postagens dos seus amigos, de páginas curtidas e de grupos dos quais o usuário participa. Caso as novas atualizações ocorram, os usuários começariam a ver publicações aleatórias baseadas algoritmo, conforme os gostos de cada um.

No documento, o principal prioridade da rede social para as futuras atualizações se chama “Make Reels successful” (ou “Fazer o Reels crescer”), e define como novo foco a criação de vídeos curtos.

“O gênero atual de vídeos curtos públicos abre novas maneiras para as pessoas criarem e descobrirem conteúdo. Embora o mecanismo de descoberta do Facebook seja projetado para oferecer suporte a muitos formatos diferentes (texto, fotos, vídeo e, eventualmente, experiências do Metaverse), nossa maior lacuna hoje é em torno do vídeo de formato curto e é por isso que estamos focados na integração de Reels em Home, Watch, IFR e Grupos”, aponta o documento.

Como seria o Facebook ao “estilo TikTok”?

O foco seria entregar uma experiência mais visual e voltada para os vídeos, inclusive com opções de interação e para sugerir conteúdos aos amigos mais facilmente. Dessa forma, os Stories e Reels ficariam no topo da tela e logo abaixo viriam as publicações recomendadas com base no algoritmo de indicação.

O objetivo de Alison é criar uma rede com conteúdos mistos entre publicações do feed com vídeos do Reels. O algoritmo de recomendação dos Reels já existe no Instagram e ajudou a fortalecer o formato em uma rede dedicada a fotografias.

Alison ainda teria dito aos funcionários que não considerar as atualizações poderia deixar o aplicativo estagnado, sem acompanhar a evolução do consumo da sociedade e perdendo cada vez mais espaço para o concorrente TikTok.

Compartilhe: