Influencer de 53 anos relata que sofreu ‘gostosofobia’ em academia

Andréa diz ter sido abordada por um funcionário no último dia 18, enquanto fazia o treino, que dura três horas, e que ele, que se diz gerente, a constrangeu por não deixar gravar imagens da atividade no local.

Postado em: 05-07-2022 às 11h12
Por: Alexandre Paes
Andréa diz ter sido abordada por um funcionário no último dia 18, enquanto fazia o treino, que dura três horas, e que ele, que se diz gerente, a constrangeu por não deixar gravar imagens da atividade no local | Foto: Redes Sociais

A atleta e influenciadora Andréa Sunshine, conhecida como ‘Vovó fitness’, de 53 anos, relatou ter sofrido preconceito. A influencer vive na Inglaterra e disse ter sido alvo de gostosofobia em uma academia no Brasil, em Búzios. Andréa diz ter sido abordada por um funcionário no último dia 18, enquanto fazia o treino, que dura três horas, e que ele, que se diz gerente, a constrangeu por não deixar gravar imagens da atividade no local.

“No dia 17 de junho, tive um treino maravilhoso e fiz as minhas imagens para as postagens no Instagram. Mas, para a minha surpresa, no sábado, fui abordada durante a metade das minhas atividades por um funcionário que se dizia gerente”, contou. Conforme a influenciadora, o colaborador a constrangeu a afirmar que ela não poderia filmar os exercícios o que chamou atenção de outras pessoas no local.

“Por conta do meu trabalho internacional reconhecido como influencer fitness, estava gravando imagens de mais um dia de treino. Não quero discutir política interna, apesar de achar a deles obsoleta, pois estamos na era digital e todos os simpatizantes e influencers dessa área fazem postagens de suas rotinas em academias espalhadas pelo mundo todo. Mas, sim, o constrangimento preconceituoso de ‘gostosofobia'”.

Continua após a publicidade

“Talvez, se fosse um homem, a conduta teria sido mais respeitosa e gentil. Me senti diminuída e inferiorizada com todos os olhos virados para mim. A academia estava lotada! Fiquei gelada, sentindo palpitações já que estava com o meu pré-treino ativo e com a adrenalina altíssima”, completou a fisiculturista.

Ela contou que explicou ao funcionário que a situação iria prejudicá-la em relação ao trabalho, mas o rapaz não se importou. “Disse a ele quem eu era, porém, ficou pior. Ele pediu para ver meu Instagram, eu prontamente mostrei, e ele reagiu com um ar de desdém e soltou um: ‘Ah, você é famosa? Mas, me desculpe, não pode gravar'”, disse a influenciadora

Andréa disse ter mostrado o Instagram para o funcionário, a fim de justificar o seu trabalho, mas não obteve resultado. “Ele reagiu com um ar de desdém e soltou um: ‘Ah, você é famosa. Mas, me desculpe, não pode gravar”, afirmou. A influencer foi aos órgãos de defesa do consumidor para denunciar a academia.

Veja Também