Imagens e vídeos violentos: o que se sabe sobre o suspeito que iniciou tiroteio nos EUA

A Polícia de Highland Park, nos Estados Unidos, identificou e prendeu Robert E. Crimo III, de 22 anos, suspeito de matar seis pessoas em um desfile de comemoração ao Dia da Independência. O crime ocorreu em Highland Park, Illinois, perto de Chicago, nesta segunda (4/7).

Postado em: 05-07-2022 às 16h54
Por: Ana Bárbara Quêtto
Robert mora atrás da casa de seu tio, em um apartamento. | Foto: Reprodução

A Polícia de Highland Park, nos Estados Unidos, identificou e prendeu Robert E. Crimo III, de 22 anos, suspeito de matar seis pessoas em tiroteio, durante desfile de comemoração ao Dia da Independência. O crime ocorreu em Highland Park, Illinois, perto de Chicago, nesta segunda (4/7).

As autoridades acreditam que o suposto atirador abriu fogo depois das 10h, horário central, do telhado de uma empresa perto da rota do desfile. A arma usada era um “rifle de alta potência” e o ataque parecia ser “aleatório” e “intencional”, disse Christopher Covelli, porta-voz da Força-Tarefa de Crimes Graves do Condado de Lake.

Ao serem questionadas, as autoridades disseram que ainda estão chamando o rapaz de ‘’pessoa de interesse’’ enquanto investigam e o conectam ao crime. Saiba mais.

Continua após a publicidade

Imagens violentas na internet

Robert, o suposto atirador, teria postado vídeos de música on-line, que ele aparentemente fez, com letras bizarras e cenas animadas de violência armada. Em um dos vídeos, é possível ver um desenho animado de um pistoleiro de boneco de palito, parecido com Crimo.

Em outro vídeo, um personagem animado, também parecido com o suspeito, foi retratado deitado de bruços no chão em uma poça de seu próprio sangue cercado por policiais com suas armas em punho.

Contas do Facebook e Twitter, que a polícia acredita serem do suspeito que iniciou o tiroteio, foram excluídas depois que as autoridades o nomearam como uma pessoa de interesse.

Identificação do suspeito

A polícia americana “processou uma quantidade significativa de evidências digitais hoje que ajudaram os investigadores” a identificar Crimo como suspeito, disse Covelli nesta segunda-feira (4/7).

Segundo a CNN, a polícia de Highland Park identificou o suspeito como tendo 22 anos, mas um boletim subsequente do FBI relatou que ele tinha 21 anos.

O tio do suspeito afirma, à CNN, que não captou sinais de alerta que o levassem a acreditar que seu sobrinho estava envolvido em tal tragédia. “Estou com o coração partido”, disse Paul A.

Robert mora atrás da casa de seu tio, em um apartamento. Paul ainda acrescenta que viu o sobrinho pela última vez no domingo à noite, olhando para o computador e não agindo fora do comum.

Veja Também