SBT é condenado a indenizar mulher após piada considerada racista

Alexandre Porpetone chamou cabelo de participante de 'espanador'; SBT recorre. | Foto: Reprodução

Postado em: 13-07-2022 às 15h24
Por: Luan Monteiro
Alexandre Porpetone chamou cabelo de participante de 'espanador'; SBT recorre. | Foto: Reprodução

O SBT foi condenado a pagar o indenizar uma participante da plateia do Programa Silvio Santos em R$ 5.000 após o humorista Alexandre Porpetone fazer uma piada considerada pela Justiça como racista. A informação é do colunista Rogério Gentile, do UOL. 

Na edição da programa, que foi ao ar em 2019, o comediante chamou a atenção para o cabelo crespo dela e se referiu a ele como “espanador”. A mulher, então com 18 anos, entrou com uma ação por danos morais e conseguiu em segunda instância na Justiça que a emissora pague o valor a ela. O SBT deve recorrer.

Segundo informações, o recurso foi aceito por maioria de votos, mas o valor inicial de R$ 50 mil foi diminuído para R$ 5.000. A jovem alega que foi ridicularizada, exposta e se sentiu constrangida em rede nacional, e a emissora afirma no processo que tudo foi baseado na liberdade de expressão, algo que foi rebatido pela advogada da mulher. A desembargadora Maria do Carmo Honório considerou que o comentário extrapolou a piada e feriu a honra da jovem.

Veja Também