Autorretrato de Van Gogh é achado em obra do pintor; Conheça outras imagens escondidas em quadros

Na última quarta-feira (13/7), conservadores de arte descobriram um autorretrato de Vincent Van Gogh, escondido atrás da pintura “Retrato de Mulher (Cabeça de Camponesa)”. Os especialistas afirmam que o autorretrato era desconhecido, até agora.

Postado em: 14-07-2022 às 18h07
Por: Ana Bárbara Quêtto
O retrato estava protegido por uma folha de papelão, na parte de trás da obra conhecida. | Foto: Reprodução

Na última quarta-feira (13/7), conservadores de arte descobriram um autorretrato de Vincent Van Gogh, escondido atrás da pintura “Retrato de Mulher (Cabeça de Camponesa)”. Os especialistas afirmam que a obra era desconhecida, até agora.

A imagem foi encontrada quando o quadro, de 1885, passou por um raio-X antes de ser enviado para uma exposição. O retrato estava protegido por uma folha de papelão, na parte de trás da obra conhecida. O pintor holandês costumava reaproveitar telas, como forma de economizar dinheiro, segundo as Galerias Nacionais da Escócia (NGS).

Em seu comunicado, a NGS alega que o autorretrato de Van Gogh tenha sido feito em um momento crucial da vida do mestre. Dessa forma, acredita-se que a obra foi desenhada quando ele foi exposto ao impressionismo francês, após se mudar para Paris.

Continua após a publicidade

“Momentos como esse são incrivelmente raros”, disse Frances Fowle, curadora sênior de arte francesa do NGS. “Descobrimos uma obra desconhecida de Vincent van Gogh, um dos artistas mais importantes e populares do mundo”.

De acordo com o comunicado, o desenho “mostra um assistente barbudo com um chapéu de abas com um lenço frouxamente amarrado na garganta. Ele fixa o espectador com um olhar intenso, o lado direito do rosto na sombra e a orelha esquerda claramente visível”.

Apesar de a condição do material ser desconhecida, o processo de remoção da cola e do papelão será delicado para manter a conservação do produto. Mas, uma pesquisa sobre como isso pode ser feito sem prejudicar a tela “Retrato de Mulher” já está em andamento.

Leia também: Vândalo que jogou torta em Monalisa é internado em ala psiquiátrica da polícia; Relembre outros ataques à pintura

La Republique, Jean-François Millet

A famosa estátua “La Republique”, que fica em Paris, apareceu por baixo do quadro “The Wood Sawyers”, de Jean-François Millet. A pintura mostra dois homens serrando um tronco de árvore. A estátua foi desenhada para um concurso na França, porém, Jean decidiu reutilizar a tela, assim como Van Gogh.

A reflectografia mostrou outros detalhes ocultos, como lágrimas e partes dobradas. A modalidade também mostrou outros detalhes ocultos, como lágrimas e partes dobradas.

Gramas e Borboletas, Van Gogh

Na obra-prima “Grama e Borboletas”, de Van Gogh, é possível ver uma camponesa desenhada embaixo da tela verde e azul. Este é outro exemplo de um reaproveitamento feito por um dos pintores mais conhecidos do mundo.

A mulher foi representada nas cores: preto e marrom. O quadro final é de 1887, e a figura foi descoberta apenas em 2008, através da técnica de raios X fluorescentes.

Veja Também