“Estou esperando fazer o melhor show da minha vida”, afirma Luan Santana sobre o Luan City Festival em Goiânia

O sertanejo que já veio a Goiânia com suas turnês passadas, retorna a capital prometendo uma experiência jamais vista, com muita diversão e surpresas para os seus fãs goianos.

Postado em: 22-07-2022 às 13h20
Por: Victória Vieira
O cantor promete performar músicas dos seus repertórios mais antigos até os atuais, trazendo a nostalgia tão esperada | Foto: Reprodução/ Sabrina Vilela

“É só você fazer assim… que eu volto”. E ele realmente voltou! Na quinta-feira (21/7), o cantor Luan Santana, de 31 anos, veio a Goiânia para falar exclusivamente sobre o Luan City Festival, sua nova turnê. O evento acontece no dia 24 de julho, a partir das 16h no Estádio Serra Dourada. O sertanejo que já veio a Goiânia com suas turnês passadas, retorna a capital prometendo uma experiência jamais vista, com muita diversão e surpresas para os seus fãs goianos.

“Talvez esse seja um dos projetos mais ousados que já fiz nesses 15 anos de carreira. É a primeira vez que a gente cria uma festa com o meu carimbo, minha marca. O Luan City Festival consiste em uma cidade onde a galera possa ter uma experiência diferenciada para viver. Não queríamos trazer um ‘show’ simples”, explicou.

O Luan City passou por diversas cidades e estados, mas uma das atividades destacadas no festival é o passeio de balão que será oferecido para o público ter uma visão ampliada de todo o show com as luzes da cidade acrescentando um toque mágico e único.

Continua após a publicidade

Além de Luan, outros cantores como a dupla Xitãozinho & Xororó, Diego & Victor Hugo e Murilo Huff também participarão. De acordo com Luan, eles são parceiros musicais que apresentam uma afinidade entre si e já compartilharam momentos musicais. Além disso, é um momento ideal para dar espaço às atrações.

“As pessoas querem essa diversidade no festival. A minha ideia é de misturar os estilos musicais daqui para frente. Goiânia é a terra do sertanejo e eu estou muito feliz por ter feito essa escolha”, comentou Luan.

O cantor promete performar músicas dos seus repertórios mais antigos até os atuais, trazendo a nostalgia tão esperada. Ele ainda relata o quão importante a capital foi para a ultrapassar barreiras na sua carreira.

“Goiânia sempre me abraçou de forma extraordinária. É uma cidade que eu me sinto muito bem, como se tivesse em casa, retornando às minhas origens”, disse.

A inspiração de toda a estrutura do Luan City veio diretamente de Hollywood, isto é, Luan revelou que a estética é nova iorquina na década de 20, visando o filme “Great Gatsby“, de Baz Luhrmann. Jay Gatsby, personagem principal, é interpretado por Leonardo Dicaprio, inclusive há partes interativas com o trecho da obra ao longo do show. O artista admite que é fissurado por história, filmes e livros.

“Vou buscando milhares de referências e crio uma concepção de projeto. É importante que as pessoas sejam transportadas para uma outra dimensão, época e estética diferente daquilo que estão acostumadas”, falou.

Mas, afinal, existe a possibilidade do Luan City virar um festival anual?

Se tudo der certo, sim. O cantor manifestou o desejo de continuar com o espetáculo por vários anos e enfatiza que seria a realização de um sonho, mas tudo depende da aprovação do público e demanda. A prioridade é trazer uma conexão, demonstrando todo o amor, carinho e gratidão dado pelos seus fãs goianos.

Atuais projetos

Com o lançamento dos 3 eps, o Luan City tem aproximadamente 40 milhões de reproduções no Spotify e conquistou 10 milhões de views no Youtube em apenas 10 dias. Diante todo esse sucesso, o sentimento é de felicidade. “É uma coisa muito desafiadora nos tempos de hoje, principalmente nesses 15 anos de carreira a gente conseguir emplacar música nas primeiras paradas com um mercado inovador e cheio de novos artistas surgindo”, confessou. O sertanejo diz que o gênero musical atualmente passa por uma fase onde enfrenta a “mesmice”.

“Acredito muito na individualidade do artista, no talento de cada um. Ao ouvir um artista novo eu quero ouvir coisas novas, seus pensamentos, o jeito dele de falar de amor. Não o jeito que o outro fala. É uma coisa que eu sempre me preocupei em trazer algo novo, seja no timbre ou batida. Talvez esse seja o segredo”, expressou o cantor.

Mesmo que Luan seja reconhecido fortemente no sertanejo, suas músicas trazem uma pegada mais pop. Ele confessa que está se inspirando atualmente em músicas latinas. “Até por estar aprendendo um pouco sobre espanhol e respirando a cultura dos países vizinhos nossos, a minha vanera [ritmo que veio para o Brasil onde se tornou característico do Rio Grande do Sul], a ‘Vala Emocional’ por exemplo, ‘Erro Planejado’, são vaneras que as pessoas já estão acostumadas, a divisão das peças das baterias são as mesmas, mas troquei os timbres”, informou.

Para aqueles que estão esperando ouvir algo inédito na apresentação, infelizmente não será possível por causa da agenda lotada do cantor. Porém, em relação aos projetos musicais futuros, Luan já está trabalhando em novas parcerias, talvez até internacionais. O artista anunciou que tem o desejo de começar algo nesse ramo e sabe que é difícil produzir combinação do seu trabalho com a aceitação no exterior.

Acessibilidade

Muito tem se falado sobre o preço dos ingressos. Em comparação a show e espetáculos de outros artistas, o preço parecia meio fora do orçamento para diversos goianos adoradores da música sertaneja. O Luan City Festival não se insere nessa situação.

“Olha, não sabia disso não”, brincou. “Não mexo com toda essa parte burocrática e financeira do negócio, não sei nada, mas tenho pessoas muito competentes e quem eu confio muito ao meu lado para cuidar dessa parte. Fico feliz que seja acessível para as pessoas terem essa experiência única e próxima de um festival. Quanto mais acessível, mais pessoas podem ir, diferentes classes sociais e situações que podem estar presentes junto com a gente. É isso que eu quero sempre! Abraçar todo mundo”, esclareceu.

Os preços dos ingressos estão em volta de R$ 160 e permanece mesmo com a virada do lote. Para o tamanho da estrutura e serviços oferecidos, o esperado seria que os preços dos ingressos fossem caros, mas segundo um dos responsáveis por trazer o festival para Goiânia, o debate inicial foi de trazer uma acessibilidade para todos.

O lançamento trouxe duas áreas e a opção de dividir em 3 vezes sem juros para que todos tivessem a oportunidade de ir ao Luan City de forma fácil e financeiramente mais econômica.

Volta dos shows

Foram quase 2 anos de pandemia. Goiânia até então, ficou ausente de eventos grandiosos como esse, já que para contenção da Covid-19 e o cumprimento do protocolo sanitário, shows foram proibidos pois geravam aglomerações.

Com o avanço das vacinações e a liberação consciente da volta aos shows, Luan Santana afirma trazer um momento onde os goianos possam extravasar tudo o que passaram nesses anos sem a celebração de música nos palcos.

“Tudo que vivemos nessa pandemia, esse impedimento de nos encontrar vai extravasar aqui em Goiânia. Estou esperando fazer o melhor show da minha vida. Depois de todo esse tempo que a gente ficou impedido de se encontrar, vivendo tantas coisas absurdas que até hoje não conseguimos digerir direito, acredito que quando eu subir no palco vai ser uma onda de energia que vai vir de mim e da galera, essa troca vai fazer que a gente respire fundo e fale: ‘Cara, está tudo certo! Estamos juntos de novo’. Esse sentimento vai fazer com que eu faça o melhor show da minha vida”, declarou.

Luan Santana durante coletiva de imprensa em Goiânia | Foto: Reprodução/ Sabrina Vilela

Veja Também