Recurso pedido por Regina Duarte é negado e atriz terá que devolver R$ 319 mil da Lei Rouanet

A empresa de Duarte, A Vida é Sonho Produções Artísticas Ltda, deverá restituir R$ 319,6 mil ao Fundo Nacional de Cultura.

Postado em: 22-07-2022 às 16h34
Por: Victória Vieira
A empresa de Duarte, A Vida é Sonho Produções Artísticas Ltda, deverá restituir R$ 319,6 mil ao Fundo Nacional de Cultura | Foto: Reprodução/ Isac Nóbrega/PR

Regina Duarte terá que devolver todos recursos prestados a sua empresa pela Lei Rouanet. Na noite de ontem (21/7), o governo federal afirmou que a prestação de contas apresentadas pela “Coração Bazar”, peça teatral da atriz, foram reprovadas.

A informação foi postada no Diário Oficial da União (DOU). A empresa de Duarte, A Vida é Sonho Produções Artísticas Ltda, deverá restituir o valor de R$ 319 mil ao Fundo Nacional de Cultura.

Em março de 2018, o Ministério da Cultura reprovou a prestação de contas da obra cultural. Até então, a ex-secretária da Cultura do governo de Jair Bolsonaro (PL) garantiu R$ 321 mil com base na legislação. Entretanto, Regina entrou com o recurso, mas ele foi negado pelo atual secretário da pasta, Hélio Ferraz de Oliveira.

Continua após a publicidade

De acordo com o sócio da empresa, André Duarte, a prestação de contas foi reprovada pois houve um descuido como a falta de comprovantes de que o monólogo foi exibido sem a cobrança de ingressos entre 2004 e 2005.

Sendo coincidência ou não, a atriz chegou a dar uma entrevista para o “Programa do Bial” da Rede Globo, criticando o modelo da Lei Rouanet e alegando que a legislação não deveria beneficiar famosos, mas sim os iniciantes na área cultura.

“Com relação à Lei Rouanet, transparência é indispensável no uso do dinheiro público. Acho que o governo que usa o dinheiro da população deveria apoiar os que estão iniciando, a cultura regional, de acordo com uma legislação própria”, disse.

A empresa A Vida é Sonho Produções Artísticas Ltda é dirigida por Regina Duarte e todos os seus filhos atuam como sócios, sendo eles: Gabriela Duarte, André Duarte e João Ricardo Gomez.

Veja Também