Polícia prende suspeito de furtos em clínica de Goiânia em 2020 e 2021

A polícia prendeu o suspeito de furtos que ocorreram em 2020 e 2021 a uma clínica de Goiânia. Segundo a corporação, o

Postado em: 28-07-2022 às 09h59
Por: Francisco Costa
Homem já era investigado por estupro (Foto: Polícia Civil)

A polícia prendeu o suspeito de furtos que ocorreram em 2020 e 2021 a uma clínica de Goiânia. Segundo a corporação, o catador de papel Lucas Moisés Nunes de Jesus, de 33 anos, já era investigado por estupro.

Inclusive, a corporação identificou o suspeito por meio de coincidência genética obtida em material de DNA que foi recolhido em local de crime e pelo material de DNA colhido por ele responder por crime de estupro de vulnerável.

Os agentes, então, cumpriram o mandado de prisão na terça (26) contra o homem suspeito de três furtos qualificados, por meio de escalada e no período noturno, na clínica que fica no setor Marista. De acordo com a polícia, ele furtou R$ 10 mil no primeiro crime; R$ 3,5 mil no segundo; e um celular lacrado funcional no terceiro.

Continua após a publicidade

Vale citar, os casos ocorreram em fevereiro e março 2020 e em setembro 2021. Entre o segundo e o terceiro crime, Lucas chegou a ser preso por outro furto. Após a prisão, o homem confessou os crimes. Ele segue recolhido na triagem e à disposição do Judiciário.

Destaca-se, “a divulgação da imagem do preso foi procedida nos termos da Lei nº 13.869/2019 e da Portaria nº 547/2021 – PC, conforme Despacho do(a) Delegado(a) de Polícia responsável pelo inquérito policial, de modo que a publicação de sua imagem possa auxiliar no surgimento de novas vítimas e testemunhas que façam seu reconhecimento, além de novas provas”.

O espaço está aberto, caso a defesa do suspeito queira se manifestar.

Veja Também