Idosa é enterrada em túmulo com estátua de um pênis gigante de 300kg

A família de Catarina explica que os testículos foram a parte mais dura de esculpir, por terem ficado deformados na primeira tentativa.

Postado em: 29-07-2022 às 16h13
Por: Ana Bárbara Quêtto
A família de Catarina explica que os testículos foram a parte mais dura de esculpir, por terem ficado deformados na primeira tentativa | Foto: Reprodução

A mexicana, Catarina Orduña Pérez, passou a vida inteira tendo um gigante sonho: ter uma estátua com o formato de um pênis em seu túmulo. A idosa morreu em 2021, aos 99 anos, e pediu que a família realizasse seu último pedido.

O monumento foi erguido na cidade de Misantla, em Veracruz, no último sábado (23/7). “Ela me disse que esse era o desejo dela, para que ninguém a esquecesse e para que tudo o que amávamos nela fosse lembrado com mais facilidade”, disse Álvaro Mota Limón, neto da senhora, à revista Vice.

Ainda, segundo ao site, a estátua é uma criação de um dos engenheiros mais famosos da cidade, Isidro Lavoingnet. “Esse tipo de escultura não é comum, muito menos quando é feita em memória de alguém que morreu”, contou.

Continua após a publicidade

Leia também: Telão despenca durante show da boyband MIRROR e atinge integrantes

A obra possui quase 300 quilos e 1,6 metros. Ela foi finalizada em cerca de um mês, com ajuda de um time de 10 pessoas. A família de Catarina explica que os testículos foram a parte mais dura de esculpir, por terem ficado deformados na primeira tentativa.

No dia do lançamento, uma banda participou da abertura da rígida estátua. “Ela queria quebrar os paradigmas dos mexicanos, que, às vezes, deixam as coisas escondidas por não terem mente aberta”, ressalta Álvaro.

Apesar de inúmeras pessoas criticarem a inciativa dos familiares da idosa, os julgamentos não os deixaram moles. “A cada 10 pessoas, acho que sete veem a estátua de forma positiva. Há outros, porém, que, com seus valores conservadores, têm a mente fechada para a situação”, conclui Mota.

Veja Também