Eleições em 2022 terão horário de votação uniformizado em todo o país

A decisão pela uniformização ocorreu em dezembro do ano passado, em julgamento pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Postado em: 12-09-2022 às 10h45
Por: Ícaro Gonçalves
A decisão pela uniformização ocorreu em dezembro do ano passado, em julgamento pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) | Foto: Reprodução

As eleições do próximo dia 2 de outubro ocorrerão em horário uniformizado em todo o país, com início às 8h e termino às 17h, desde que não haja eleitores na fila, seguindo o horário de Brasília. A decisão ocorreu em dezembro do ano passado, em julgamento pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na ocasião, os ministros decidiram pela uniformização de maneira unânime. O ministro Luís Roberto Barroso considerou que a diferença nos horários de encerramento de votação produziu interpretações, teorias conspiratórias e problemas nas eleições municipais de 2020.

“Problemas esses que gostaríamos de evitar para assegurar a tranquilidade do processo eleitoral brasileiro. portanto, reconhecendo as dificuldades que possam advir, mas confiantes na boa vontade das autoridades e da população acreana, e o TSE dará as autoridades eleitorais do Acre todo o apoio para adaptação das circunstâncias do processo eleitoral ao horário nacional”, disse Barroso.

Continua após a publicidade

Na prática, os estados do Amazonas, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Roraima e Mato Grosso terão a votação iniciada uma hora antes, levando em conta horário local. No estado do Acre, a votação começará duas horas mais cedo e, em Fernando de Noronha, uma hora mais tarde, mantendo-se, em todos os estados, o mesmo número de horas para a votação.

A regra não se aplica ao voto no exterior.

Confira os horários de início e termino da votação, de acordo com o horário local:

  • Amazonas, Rondônia, Roraima, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e parte do Pará: das 7h às 16h;
  • Acre: das 6h às 15h;
  • Fernando de Noronha (PE): das 9h às 18h;
  • todos os demais estados (fuso horário de Brasília): das 8h às 17h.

Leia também: Quase 90% dos deputados federais tentam reeleição este ano, 2º percentual mais alto em 20 anos

Veja Também