Suspeito de realizar rombo financeiro em Marília Mendonça, Gabriel Ramalho diz que não irá se pronunciar

Segundo a equipe do rapaz, o processo corre em segredo de Justiça, e por isso eles não podem se manifestar sobre o caso.

Postado em: 16-09-2022 às 18h41
Por: Victória Vieira
A função do rapaz era ser empresário na vida pessoal da artista | Foto: Reprodução

A assessoria do suspeito de realizar rombo financeiro em Marília Mendonça, Gabriel Ramalho, revelou que o empresário não irá se pronunciar sobre a acusação ou o pedido de R$ 9 milhões da herança deixada pela cantora. A informação foi divulgada através da coluna do jornalista Leo Dias. Segundo a equipe do rapaz, o processo corre em segredo de Justiça, e por isso eles não podem se manifestar sobre o caso.

“Somente quando houver qualquer acusação judicial mesmo”, relata a assessoria à respeito da acusação de rombo financeiro.

Ao que parece, Ramalho está sendo acusado por “golpe” em aplicações da artista. De acordo com Leo Dias, Marília teria descoberto a ação durante a pandemia quando foi usar o dinheiro para dar auxilio e suporte aos membros de sua banda que estavam enfrentando dificuldades financeiros, pois estavam sem trabalhar.

Continua após a publicidade

O colunista destaca que a sertaneja, ainda em vida, ficou decepcionada, afinal, ela era grata pelo seu trabalho e o considerava como “membro da família”.

O empresário entrou com um pedido na Justiça, alegando ter direitos de receber uma parte da herança deixada pela eterna “Rainha da Sofrência.” Gabriel afirma ter trabalhado como funcionário da cantora desde o princípio. Com isso, ele deveria receber o valor de acordos não pagos.

Entretanto, Wander Oliveira, dono da WorkShow e empresário de Mendonça, nega qualquer envolvimento de Ramalho dentro da empresa. A função do rapaz era ser empresário na vida pessoal da artista.

Veja Também