Sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Dor na lombar atinge 80% da população mundial, aponta OMS

Estilo de vida sedentário, sobrepeso e erros de postura deixam a região lombar enfraquecida, inflexível e rígida

Postado em: 01-12-2022 às 11h04
Por: Ícaro Gonçalves
Estilo de vida sedentário, sobrepeso e erros de postura deixam a região lombar enfraquecida, inflexível e rígida | Foto: Reprodução

Cerca de 80% da população mundial sofrerá de dor lombar em algum momento da vida. É o que aponta estimativa feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que aponta como principais causas a má postura, o sobrepeso, esforço físico repetitivo e perda de massa muscular.

De acordo com Mônica Marques, diretora técnica da Cia Athletica, a lombalgia é causada por uma lesão no músculo, mau alinhamento das vértebras ou compressão dos discos intervertebrais. “Ela pode se originar de um desequilíbrio entre a força e a flexibilidade das musculaturas anterior e posterior do tronco, que acabam proporcionando também alterações posturais importantes. A dor na lombar pode irradiar para as pernas, o que é conhecido como ciatalgia ou dor no ciático, o nervo envolvido nesta situação”, explica.

Estilo de vida sedentário, sobrepeso e erros de postura deixam a região lombar enfraquecida, inflexível e rígida. Dependendo da posição e do movimento, o próprio corpo tenta compensar a força colocada sobre ele, causando lesão no músculo, dor e até uma hérnia de disco.

Continua após a publicidade

Mônica Marques afirma que a prática regular de exercícios físicos é a forma mais eficaz de aliviar e evitar esse desconforto. “Ao realizar exercícios para dor lombar, você fortalece a musculatura do core, que envolve toda a região abdominal e parte de trás do corpo. Se o objetivo for a perda de peso, as melhores opções são os exercícios aquáticos, como a natação e a hidroginástica, pois trazem pouco ou nenhum impacto sobre as articulações da coluna”.

Já outros tipos de exercícios podem ser inadequados, pois causam mais pressão nos ligamentos e nos discos da coluna vertebral. É o caso da corrida, por exemplo, e de outras atividades que incluem saltos. “Quanto a pessoa estiver com dor, os exercícios abdominais completos devem ser substituídos pelos parciais, que focam nos músculos das costas e da barriga, para fortalecer a coluna lombar e cervical”, diz.

Atividades como alongamento, ioga e pilates são muito bem-vindas para quem tem dor na região lombar. “Para saber quais exercícios são os mais indicados, é importante sempre consultar um profissional de Educação Física”.

Para quem tem dores muito intensas, é preciso procurar uma orientação médica. Assim, é possível aliar os exercícios para lombalgia com o uso temporário de relaxantes musculares ou anti-inflamatórios.

Veja Também