Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Coluna

Ação contra Baldy, no TRE, fica para 2021; goiano é secretário em SP

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 18 de dezembro de 2020

Venceslau Pimentel 

A ação penal contra o secretário
de Transportes Metropolitanos de São Paulo e presidente estadual do Partido
Progressista, Alexandre Baldy, denunciado pelo Ministério Público Federal por
prática de crimes de corrupção passiva, fraude a licitação, peculato e
organização criminosa em contratações de organização social na área da saúde em
Goiás, só será julgada em 2021. No início de outubro, o ministro Gilmar Mendes,
do STF, determinou o envio dos autos para a Justiça Eleitoral de Goiás. No
entanto, a assessoria do TRE informou que o processo ainda não chegou ao órgão,
e que o julgamento vai ficar para depois do recesso do Judiciário, que começa
dia 20 e vai até 6 de janeiro do ano que vem.

Ex-colaborador

Continua após a publicidade

Baldy, que foi preso em agosto,
pela Polícia Federal, na Operação Dardanários, foi ministro das Cidades no
governo de Michel Temer e secretário da Indústria e Comércio no governo de
Marconi Perrillo.

Sem vacina

Prefeito reeleita de Bela Vista,
Nárcia Kelly (PP), vai estender, por 180 dias, a situação de calamidade pública
no município, pelo aumento no número de pessoas infectadas pelo novo
coronavírus.

Aprimorar

Está na Comissão Mista da
Assembleia projeto do governo que dispõe sobre o regime próprio de Previdência
Social do Estado para, segundo Caiado, “torná-lo mais justo e sustentável
economicamente”.

É Natal!

Pelo Twitter, o governador
Ronaldo Caiado anunciou o adiantamento da folha do funcionalismo para o dia 23
de dezembro, na véspera de Natal, “honrando mais uma vez nosso compromisso com
os pagamentos ainda dentro do mês trabalhado”.

Conferência

Presidente da CCJ da Alego, o
deputado Humberto Aidar (MDB) disse considerar manifestação do Major Araújo
(PSL), para conferir o voto dos que trabalham de forma remota nas votações da
Comissão, para saber se é mesmo o parlamentar que está apertando a tecla do
computador que cada um utiliza.

Medidas

Relator do processo de
fiscalização das ações do governo federal de combate à Covid-19, o deputado
Francisco Jr (PSD) adianta que o parecer será votado hoje, na Comissão Mista da
Câmara Federal. Há recomendações para o pós-pandemia.

De olho

A outorga de concessão, por 35
anos, da BR-153, em Goiás e Tocantins, está sendo acompanhada pelo Tribunal de
Contas da União. Os investimentos são projetos em R$ 7,8 bilhões.

Benefícios

Em meio à discussão sobre a venda
do Hospital do Servidor Público, por R$ 100 milhões, para instalar no local o
Hospital Materno-Infantil, o líder do governo na Alego, Bruno Peixoto (MDB),
defendeu a transação, já que a intenção do Executivo é investir no atendimento
do Ipasgo no interior.

CURTAS

– Sindifisco quer que
supervisores e coordenadores deixem os cargos que ocupam até dia 21 de
dezembro.

– A Câmara de Goiânia pode
ampliar, de 30% para 50%, a quantidade de alunos nas escolas da capital, o que
flexibiliza medidas tomadas por conta da situação de calamidade pública em
razão da pandemia.