Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Coluna

“Base não concorda sempre com tudo”, diz vice-líder

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 15 de agosto de 2019

Diante da iminente derrubada de vetos do governador Ronaldo
Caiado (DEM) às emendas impositivas e ampliação do orçamento da Assembleia
Legislativa, o vice-líder do governo, deputado Zé Carapô (DC), admite que a
articulação do Palácio das Esmeraldas ainda esbarra na independência de
deputados. Segundo ele, o número estimado de até 29 caiadistas no plenário não
pode ser tratado como uma certeza e dependerá na prática de cada projeto em
votação, com convencimento individualizado. “Esses vetos podem ser derrubados e
a Casa é soberana para tomar decisões, inclusive a base do governo. A base
também tem suas prerrogativas e não tem que concordar com tudo ou todos os
posicionamentos do governo”, afirma. O deputado defende que o diálogo sobre os
vetos não sejam realizados “de forma drástica” ou causando qualquer “rompimento
institucional”.

Desejo pessoal

“Claro que quero ter emendas impositivas. É um ganho não só
da Casa, mas do estado também. Vamos dialogar sobre isso com a base e medir o
termômetro entre os deputados”, considera o vice-líder.

Continua após a publicidade

Tratamento

A conversa até esta semana adianta derrubada dos vetos às
emendas impositivas, mas chances reais de manutenção de outros ao aumento do orçamento
da Assembleia, que passaria de R$ 69 milhões para R$ 155 milhões.

Na conta

Governistas desvalorizam s insatisfação com os atrasos do
governo em repasses. “foi depositado em um horário um pouco além do esperado”,
desconversa Carapô.

Presente!

O prefeito de Trindade, Jânio Darrot (PSDB), rejeita
informação de que seria “praticamente nula” sua participação no processo de
elaboração do estudo de desoneração da tarifa, como publicado aqui.

Como é?

Como presidente da Câmara Deliberativa do Transporte
Coletivo (CDTC), Jânio alega: “cumpri com meu papel de estimular e encomendar
estudos que foram apresentados ao governador”.

Tô fora!

Darrot confirma que deixará o comando da CTDC na próxima
reunião do colegiado. A tendência é de que a CMTC assuma as atribuições da
Câmara Deliberativa, para posterior criação de novo conselho.

Acordo

A vereadora Sabrina Garcêz retirou decreto legislativo que
suspenderia decreto do prefeito Iris Rezende (MDB) que estabeleceu normas para aplicativos
de transporte em Goiânia, como Uber e 99.

Prazo dado

A decisão veio após conversa com Iris e acordo para que, em 30
dias, o Paço elabore novo decreto com alterações para atender os profissionais.
“Vamos aguardar esse prazo”, definiu.

CURTAS

– A Câmara aprovou projeto de Cabo Senna (Patriota) que
obriga o Hiper Moreira a construir dois CMEIs.

– A intenção é cumprir contrapartida social depois que a empresa
recebeu, em 2013, três áreas públicas.

– A Secretaria Municipal de Educação convocou
mais 116 aprovados em processo para substituição.