Coluna

Caiado pede apoio, mas vereadores querem recursos

Publicado por: Yago Sales | Postado em: 31 de março de 2022

Os vereadores dos 246 municípios goianos ganharam relevância na estratégia de reeleição do governador Ronaldo Caiado (UB). Os políticos têm sido convocados para reuniões no Palácio das Esmeraldas para ouvir Caiado dizer: “vocês são o elo mais próximo da população, portanto, porta-vozes dos feitos da gestão. “É aplaudido,  mas o que eles gostariam de ouvir é sobre recursos para divulgar essa mensagem e pedir votos. Caiado já conversou com vereadores da região oeste do estado e na sexta-feira (25) foi a vez do Entorno do DF. Não foi permitido o acesso de prefeitos ou deputados e o apelo foi o mesmo: empenho na busca da reeleição. De acordo com vereadores ouvidos pela Xadrez, “sem transferência de recursos para os prefeitos fica difícil bater na porta da população defendendo a reeleição de Caiado”.

Suspeita

O que mais se ouve é que as emendas parlamentares destinadas para algumas obras nos municípios, em alguns casos são superfaturadas e o butim, dividido entre o prefeito e o deputado. É sério.

Eita

A deputada federal Flávia Morais (PDT) postou foto ao lado de Caiado na inauguração de uma quadra coberta em uma escola estadual. Os seguidores dela reagiram mal: cobraram da parlamentar que defendesse o deputado Daniel Silveira (UB), em polêmica com o Supremo. 

Nem a pau

Depois de passar uma noite no gabinete na Câmara dos Deputados, o bolsonarista Daniel Silveira não deixou a PF colocar as tornozeleiras. 

Decoro? 

O vereador Sargento Novandir (Avante) mostrou arma e, em tom ameaçador, disse que trocaria tiros com o colega Santana Gomes (PRTB). 

Olha só…

Em fevereiro a Coluna Xadrez informou que o pastor da Igreja Batista Wanderley José Álvares Filho foi nomeado no gabinete do prefeito Rogério Cruz. Exonerado dias depois, o pastor tem o nome ligado a um evento do MEC com os pastores Arilton Moura e Gilmar Santos.

… com os pastores do ouro

Nos últimos dias os religiosos foram acusados de atuar em um gabinete paralelo do MEC com direito a pedir ouro em troca de emendas. O ministro Milton Ribeiro pediu exoneração com a divulgação do caso pela imprensa. 

Curta

Advogado do direito imobiliário, Felipe Melazzo, assume o cargo de superintendente-executivo da Ademi-GO. 

Compartilhe: