Coluna

‘Cartel dos combustíveis venceu o consumidor’, diz vereador

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 11 de julho de 2019

O
consumidor goianiense perdeu de goleada para o cartel dos combustíveis, com a
decisão da Justiça em suspender o aplicativo “De Olho na Bomba”. A opinião é do
vereador por Goiânia, Alfredo Bambu (Patriota), que pede a união de esforços de
órgãos como o Ministério Público e a Assembleia Legislativa, para acudir ao
consumidor, que pode vir a ser lesado sem a vigência da livre concorrência.
Portanto, ele lembra que já faz um mês e alguns dias que os motoristas não têm
mais como aferir preços mais baixos na bomba. “Estamos todos à mercê de
proprietários de postos de combustíveis, que praticam o alinhamento de preços,
como tem mostrado, por exemplo, sucessivos levantamentos do Procon”, pontua
Bambu. A ação foi proposta pelo 
Sindiposto.

Reação

A decisão do desembargador Itamar de Lima vem sendo bombardeada
não só pela população, mas também por segmentos de defesa do consumidor, mesmo
justificando que a lei que criou o aplicativo é inconstitucional.

Bicho pega

Com o fim do aplicativo, o Procon Goiás orienta ao consumidor
que retome a prática da pesquisa. A questão é que, sem a fiscalização do
Ministério Público, os preços já estão alinhados. Não tem para onde correr.

Vai demorar!

Como se trata de concessão de medida em caráter liminar, a
expectativa agora é quanto ao julgamento do mérito da ação, que não tem prazo
para ser apreciado pelo pleno do Tribunal de Justiça.

Lá e cá

Ao encaminhar voto a favor da aprovação da reforma da
Previdência, ontem, da tribuna da Câmara dos Deputados, José Nelto (Podemos)
comparou o presidente da Casa, Rodrigo Maia, a Ulysses Guimarães.

Continência

Guimarães ficou conhecido como o ‘Senhor Diretas’, por ter
encampado a campanha por eleições diretas, ao lado de Tancredo Neves. José
Nelto chamou Rodrigo Maia de ‘Senhor Reforma’.

Tocar terror

O deputado Glaustin da Fokus (PSC) testemunhou,
ontem, fala do presidente Jair Bolsonaro, durante culto, em Brasília, que
voltou a defender um ministro ‘terrivelmente’ evangélico no Supremo Tribunal
Federal.

Conquista

Por conta da boa relação
política que mantém com o prefeito Iris Rezende, o presidente da Câmara
 de Goiânia, Romário Policarpo, deve conseguir
mudanças no regime de aposentadorias da Guarda Civil Metropolitana.

CURTAS

– Seguindo determinação do PSDB, o deputado Célio Silveira votou
pela aprovação da reforma da Previdência, para não correr risco de expulsão.

 

– Cresce, nos corredores do Congresso Nacional,
o movimento pela volta do financiamento privado de campanhas eleitorais.

– Polêmico, o deputado Amauri Ribeiro (PRP) tem
o perfil mais visitado no portal da Assembleia Legislativa.

 

Compartilhe: