Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Coluna

Deputados antecipam acordo para indicação ao TCM

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 26 de setembro de 2019

Pela primeira vez em pelo menos 20 anos, a indicação de uma
das vagas da Assembleia Legislativa para o Tribunal de Contas dos Municípios
(TCM) será realizada prioritariamente pela articulação interna entre deputados.
Diferente da prática anterior, em que o governador apresentava o nome a ser confirmado,
as conversas para ocupação da vaga de Nilo Resende, que pode se aposentar neste
ano, definem o nome de Cláudio Meirelles (PTC). O deputado está na oposição e
sua saída abriria vaga para o suplente – o empresário caiadista Zé da Imperial
(PSC). Conselheiros recebem com naturalidade as articulações prévias entre os
parlamentares, mas internamente Nélio ainda não considera se aposentar e segue
recebendo o abono de permanência. A abertura da vaga pode ser “forçada”,
segundo apurado pela Xadrez, por meio da retomada do debate sobre possível
extinção do Tribunal.

Como seria

Deputados cogitam voltar com ameaças sobre acabar com o TCM
e alguns passariam a colher assinaturas para apresentação de uma PEC neste
sentido. Seriam necessárias 21 para que a proposta começasse a tramitar.

Continua após a publicidade

Divisão

A articulação antecipada para o TCM reforça divisão de
forças na Alego. Os potenciais aliados ao Palácio das Esmeraldas somam 31
deputados, mas 16 são mais fiéis ao grupo liderado pelo presidente Lissauer
Vieira (PSB).

Unidade?

Os outros 10 são da oposição: grupo que junta tucanos,
petistas e outros que esboçam nova conexão com o caiadismo, como coronel
Adailton (PP) e Tião Caroço (PSDB).

Silêncio

Os agora emedebistas Jovair e Henrique Arantes tiveram
primeira conversa ontem com Iris Rezende. O deputado estadual disse que chega
para “militar na campanha” do prefeito e de Gustavo Mendanha em 2020. Iris só
ouviu.

Na Justiça

Deputados esperam para breve a decisão do Tribunal de
Justiça sobre a PEC da Educação. Ação questiona o fato de tanto o titular da
CCJ, Álvaro Guimarães, quanto o suplente, Bruno Peixoto, terem votado a emenda
jabuti.

Calma lá

Entendimento de opositores é de que o voto na comissão
deveria ser exclusivamente de Álvaro e que o suplente só pode se manifestar na
comissão quando da completa ausência do titular. A base confia na legalidade do
processo.

Outra vaga

Além de Nilo Resende, poderá se aposentar do TCM o
conselheiro Joaquim de Castro, em 2020. Para esta vaga, já é cotado o nome do
secretário de Governo, Ernesto Roller.

Nacional

A deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL/SP) participa hoje de bate-papo
em Goiânia sobre Reforma da Previdência, Educação e Feminismo. Concede
entrevista coletiva no Coletivo Aruá, no Setor Universitário, às 19h.

CURTAS

– Manoel Barbosa teve ontem indicação aprovada para o
Conselho Estadual de Educação.

– Vereadores votam hoje projeto de Sabrina Garcêz sobre
desconto de ISS em Goiânia.

– O benefício seria para empresas que fizerem
doações a organizações de acolhimento a mulheres, crianças e adolescentes em
situação de vulnerabilidade.