Coluna

Em Goiânia, Pazuello reforça aliança com Caiado

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 12 de dezembro de 2020

Venceslau Pimentel

De passagem por Goiânia para participar
da inauguração da ala materno-infantil do Hospital e Maternidade Célia Câmara,
o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, reforçou com o governador Ronaldo
Caiado, aliado do Palácio do Planalto, a necessidade imperiosa de centralizar
no Ministério a campanha nacional de vacinação. Trata-se de mais um round na
queda de braço de Jair Bolsonaro contra o governador de São Paulo, João Doria,
que busca a todo custo o protagonismo no processo de aplicação do
imunizante no Brasil. Para retomar a dianteira, Pazuello anunciou a
compra de 70 milhões de doses da Pfizer. 

Essa não! 

No entanto, a vacina chinesa CoronaVac,
que o Instituto Butantan já começou a produzir em grande escala, ainda causa
arrepios no Palácio do Planalto, por João Doria já ter se apropriado do
imunizante. 

Efeito colateral 

Em Goiás, o governador paulista tem
como aliado o prefeito de Hidrolândia e presidente da Associação Goiana dos
Municípios, Paulo Sérgio de Rezende, que trocou o Democratas de Caiado pelo
PSDB de Marconi Perillo. 

Recesso 

O recesso administrativo da Câmara de
Goiânia vai de 23 a 31 dezembro. Mas as diretorias cujos serviços sejam essenciais
à administração deverão manter escala de servidores em regime de plantão, diz a
portaria assinada pelo presidente Romário Policarpo (Patriota). 

Na capital 

A primeira-dama Michelle Bolsonaro
cumpre agenda, neste sábado, em Goiânia, para ato de assinatura de contrato de
construção da 

Casa da Mulher Brasileira, unidade de
acolhimento. Virá acompanhada da ministra Damares Alves. Ronaldo Caiado será o
anfitrião, junto com Iris Rezende.

Zero bala 

O PSB, partido
deputado federal Elias Vaz, foi ao Supremo Tribunal Federal para contestar
medida do governo federal que zerou a alíquota de importação de armas.
Argumenta que a resolução 
coloca em risco a
segurança da população, ao facilitar a inserção de armas no mercado.
 

Com fé 

O vereador e vice-prefeito eleito
Rogério Cruz, que participou da inauguração da Maternidade Célia Câmara, diz
que mantém a confiança na recuperação de Maguito Vilela, mesmo com o
agravamento do estado de saúde dele. 

Revanche 

Alegando que o prefeito de Montes
Claros de Goiás, Antônio Cícero Alves (PTB), vem travando a transição de
gestão, o prefeito eleito José Vilmar Maciel (PP) recorreu à Justiça e
conseguiu liminar para dar continuidade ao processo. Antônio, que buscava a
reeleição, foi derrotado por Maciel. 

Pesou no bolso 

Aviso ao eleitor que não foi às urnas.
O TSE arrecadou R$ 11,7 milhões com a cobrança de multas para quem não votou e
nem justificou o motivo de não ter votado. Já os mesários faltosos
desembolsaram R$ 171 mil, pelo mesmo motivo. 

CURTAS 

– Iris Rezende autorizou a
renovação, por mais seis meses, dos contratos de 316 profissionais da saúde, a
maioria formada por técnicos, especialista em saúde e enfermeiros. 

– O período de arrecadação de alimentos da Campanha
Natal do Bem, pela Secretaria da Economia, segue até a próxima
terça-feira.

Compartilhe: