Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Coluna

Insatisfação na base causa obstrução de quórum na Alego

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 26 de junho de 2018

A sessão ordinária desta terça-feira (26) apresentará o
resultado de articulações do Palácio das Esmeraldas para conter revolta na base
aliada ao governo na Assembleia Legislativa. Deputados aliados reclamaram
publicamente nas últimas duas semanas do suposto favorecimento de colegas do
PSDB na liberação de recursos, obras e serviços para bases eleitorais. Com o
veto a todas as emendas parlamentares, o governador José Eliton (PSDB) tem
analisado individualmente os pedidos e liberado as autorizações. “Isso tem
gerado um desconforto na base e é muito ruim termos dentro do parlamento alguns
deputados que são mais deputados que outros. A insatisfação não é isolada e o
resultado é que toda a bancada fora o PSDB fez a mesma cobrança com a obstrução
no plenário”, afirma Simeyzon Silveira (PSD). “Não tem nada disso. Todos estão
sendo agraciados com acertos individuais com o governo e as alianças seguem
firmes. O quórum é problema de agenda que está resolvido”, aponta o líder da
base governista, Francisco Oliveira (PSDB).

Presença

Continua após a publicidade

Chiquinho culpa o agendamento de eventos do governo estadual
como motivo para a falta de deputados no horário das sessões ordinárias. E
garante que a questão foi debatida e solucionada.

Conflito de agenda

“Essa ausência de parlamentares será evitada. O governo não
marcará eventos no mesmo horário e os próprios deputados se atentarão para as
audiências que são agendadas nos gabinetes”, confirma o líder.

Ao debate!

O deputado federal Jair Bolsonaro, pré-candidato
do PSL à Presidência da República, afirmou em vídeo divulgado ontem que
participará de todos os debates, ao contrário das informações de que fazia
parte de sua estratégia de campanha não comparecer aos embates com outros
candidatos antes do primeiro turno.  “Nos debates na televisão
compareceremos a todos sim, podem ter certeza. Até porque estaremos levando
propostas factíveis que vocês acreditam que podem ser atingidas”, disse no
vídeo, que informou ser de “muitos dias atrás”, sem especificar a data. A ideia
anterior, que chegou a ser divulgada na imprensa nacional, era de que o ex-militar
realizaria transmissões ao vivo nas redes sociais para conversar com eleitores
no horário reservado aos debates na TV aberta. “Eu não falei com ninguém da
imprensa. A imprensa tem dito que não comparecerei a debates, diz que eu estou
fugindo de debates. Não houve até o momento nenhum debate, por que eu estou
fugindo?”, questionou Bolsonaro.

CURTAS

Vagas – Gestora HMI
e do Huapa, a organização social IGH anunciou contratação celetista e formação
de cadastro reserva. Inscrições são realizadas até hoje.

Pedido – Mudanças
no decreto sobre o diferencial de alíquotas, o DIFAL, foram pauta de reunião
entre José Eliton e o presidente da Fecomércio, Marcelo Baiocchi.

Promessa – Baiocchi
comemorou garantias tiradas da conversa. “Já saímos com a promessa que o Difal
não alcançará o setor calçadista”.

Dúvida alguma

Selada a passagem de bases eleitorais de Daniel Vilela para
dona Iris de Araújo, fica fechada também a aliança entre vilelistas e iristas
em prol da pré-candidatura do deputado federal ao governo estadual.

Direta

A ex-deputada foi homenageada pela Câmara Municipal de
Aparecida de Goiânia, em evento com Daniel, Maguito Vilela, Gustavo Mendanha e
Iris Rezende. Desta vez, não deixou dúvidas sobre o acordo: “Vamos dar as
mãos”, garantiu em discurso.

Política do futuro

A Escola Judiciária Eleitoral de Goiás realiza, no próximo
dia 26 de junho, eleições simuladas do projeto “Eleitor do Futuro” na Escola
Municipal Nara do Carmo Rezende Amorim, no Parque Eldorado Oeste, em Goiânia.

Jovens na urna

A ação faz parte do projeto de educação em cidadania da
Justiça Eleitoral que bsuca conscientizar os eleitores do futuro, jovens com
idades entre 12 e 16 anos que, a pensarem sobre escolhas políticas com efeitos
em suas comunidades.

Outro Goiás

O ex-governador Marconi Perillo (PSDB) voltou a participar
de evento do governo José Eliton e afirmou que o trabalho realizado nas gestões
do PSDB é a marca do Tempo Novo.

Comparação

“Goiás é um Estado diferente hoje, onde o ódio não prevalece
e o rancor é página virada”, disse, em referência aos governos do MDB. Estavam
presentes os prefeitos de Goiânia, Iris Rezende, e de Aparecida de Goiânia,
Gustavo Mendanha.