Coluna

Interlocutores de Iris na reunião do MDB com Caiado

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 24 de agosto de 2021

Defensores do lançamento de candidatura própria ao governo, pelo MDB, tentam minimizar o ato de Ronaldo Caiado (DEM), que se prontificou a ir ao diretório estadual para formalizar uma futura composição com vistas às eleições de 2022, com o argumento de que o principal líder emedebista, Iris Rezende, não teria dado aval à uma eventual aliança. No entanto, ex-auxiliares de Iris foram “escalados” para recepcionar o governador, considerando que o ex-prefeito continua internado, por conta de complicações de um AVC. É o caso do fiel escudeiro Paulo Ortegal, ex-secretário de Governo, e ainda Agenor Mariano, o ex-deputado Pedro Chaves e Murillo Ulhôa, ex-presidente da CMTC. 

Recado dado  

O governador Ronaldo Caiado subiu o tom na defesa dos governadores, durante fórum realizado em Brasília, contra quem tenta culpá-los pela crise financeiro. Jair Bolsonaro havia dito que “a conta do fecha tudo chegou”. 

De olho 

Em razão de declarações do presidente Jair Bolsonaro, de também tentar culpar os municípios pelas medidas que restringiram as atividades econômicas, as associações municipalistas de Goiás acompanharam o evento dos governadores. 

Infiltração 

Ao informar, no fórum que reuniu governadores, entre eles, Ronaldo Caiado, para discutir a crise institucional entre Bolsonaro e STF, João Doria (PSDB-SP) alertou para o que ele classificou de movimento bolsonarista nas polícias. Dia 7 de setembro está batendo na porta. 

Cobrança  

Henrique Meirelles prometeu ao presidente do PSD, Vilmar Rocha, vir a Goiás com mais frequência, mas que agora isso não é possível, por conta dos compromissos como secretário da Fazenda de São Paulo. Só não disse se vai se desincompatibilizar do cargo para tentar vaga ao Senado na chapa governista. 

Outra praia 

Com a ascensão de Ciro Nogueira à chefia da Casa Civil, o Progressistas, presidido em Goiás por Alexandre Baldy, mira agora a filiação de Jair Bolsonaro, para disputar a reeleição. O Patriota está definitivamente fora do radar do clã Bolsonaro. 

Convocação 

Em encontro com suplentes de vereadores de Aparecida de Goiânia, o deputado federal Professores Alcides (PP) pediu apoio para o prefeito Gustavo Mendanha (MDB), que tenta viabilizar projeto para disputar o governo do Estado. 

Na pauta 

O projeto do deputado Delegado Humberto Téofilo (PSL), que reduz as alíquotas sobre os combustíveis em 14% volta à discussão na sessão de hoje, na Assembleia Legislativa. 

Mediação  

Para solucionar novos conflitos sobre divisas territoriais, a Assembleia Legislativa receberá até o final de agosto informações dos municípios sobre áreas em litígio. 

CURTAS 

– Os municípios goianos têm até 31 de agosto para enviarem ao Tribunal de Contas dos Municípios dados da movimentação contábil e da folha de pagamento. Quem não cumprir o prazo pode ser penalizado. 

Compartilhe: