Segunda-feira, 15 de julho de 2024

Coluna

Página na internet de médica goiana sai do ar após ameaças

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 16 de março de 2021

Venceslau Pimentel 

Depois de
ameaça, a página da médica goiana Ludhmila Hajjar foi retirada da internet
(Wikipédia)
no
domingo à noite, e um perfil falso foi criado no Twitter. Conterrânea de
Ronaldo Caiado (DEM) – que nasceu em Anápolis e dela é paciente – a
cardiologista passou a ser atacada depois de ter sido sondada pelo presidente
Jair Bolsonaro (sem partido) para assumir o Ministério da Saúde, no lugar de
Eduardo Pazuello. Depois de relatar ameaças de morte e não ter a garantia de
que teria carta branca para trabalhar, Hajjar declinou do convite. Se
aceitasse, seria a primeira goiana a compor o primeiro escalão do governo
Bolsonaro.
 

Contra-ataque 

Continua após a publicidade

Amigo e paciente
da cardiologista goiana – assim como os ministros do STF Gilmar Mendes e Dias
Toffoli – o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse lamentar
que “mais uma vez, o trabalho do gabinete do ódio foi efetivo em prejudicar a
imagem de alguém que seria tão importante para o nosso país neste momento da
pandemia”. 

Conversa
franca 

Em busca de
diálogo, o 
prefeito Rogério Cruz recebeu ontem
representantes dos manifestantes que interditaram a BR-153, nas proximidades do
Paço Municipal, contrários ao fechamento do comércio. Cruz ouviu a demanda e se
comprometeu a discutir o assunto.

No batente 

Hoje tem sessões
extraordinárias remotas, na Alego, para apreciar matérias do governo e de
deputados. Uma delas 
autoriza o Executivo a celebrar com a
União contrato de confissão e refinanciamento  de dívidas. 

Gestão
paralela 

Em embate com o presidente da Fieg,
Sandro Mabel, o secretário de Governo, Ernesto Roller, indaga se a entidade
assumiu a prefeitura de Aparecida de Goiânia, diante dos pitacos do ex-deputado
na gestão da cidade na pandemia.
 

Reação

Promotores e procuradores de Justiça de
Goiás se juntaram a colegas de outros estados no lançamento de manifesto em
apoio à Operação Lava-Jato e contra ataques dos ministros do STF, Gilmar Mendes
e Ricardo Lewandowski. 

Socorro 

Para
acudir o segmento econômico de Goiás, o governador Ronaldo Caiado anuncia hoje
um pacote de medidas, como a concessão de empréstimos, para minimizar os
efeitos causados pela pandemia. 

Autonomia 

A partir de junho, passam a ter autonomia
administrativa o Hospital Estadual de Dermatologia Sanitária e Reabilitação
Santa Marta, o Centro Estadual de Atenção Prolongada e Casa de Apoio Condomínio
Solidariedade e o Hospital Estadual e Maternidade Nossa Senhora de
Lourdes. 

CURTAS 

Detentor
de vários mandatos como prefeito de Quirinópolis, o ex-prefeito Gilmar Alves vê
agora o seu filho, Brunno Teodoro Alves, na mira do Ministério Público,
denunciado por crimes de associação criminosa. 

O deputado Vinícius Cirqueira
(Pros) defende a inclusão de conselheiros tutelares ao Ipasgo Saúde, por
prestarem serviço público de relevância.