Coluna

“Pandemia não é responsável por problemas em Goiânia”, afirma Francisco Júnior

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 07 de julho de 2020

Recém confirmado como pré-candidato único do PSD à
prefeitura de Goiânia, com a saída do senador Vanderlan Cardoso, como
antecipado pela Xadrez, o deputado federal Francisco Júnior aquece o discurso
para a campanha na capital. Além de apontar que, agora sim, realizará debates
sobre o plano de governo e as propostas para a cidade, o parlamentar aponta que
os aliados e o próprio prefeito Iris Rezende não poderão usar a pandemia do
novo coronavírus como justificativa para as falhas verificados pela oposição. “Temos
que enxergar de forma pragmática. Não é a pandemia a responsável pelos
problemas. Seria injusto com a pandemia dizer isto”. Segundo Francisco, a Covid-19 “tirou a maquiagem” e “deixou aparentes” os erros da atual
administração. “Ela potencializou e deixou aos olhos de qualquer um que a
prefeitura não se preparou para enfrentar essa situação”.

Gestão estadual

Questionado sobre a postura e ações de Ronaldo Caiado (DEM)
na pandemia, o pré-candidato em Goiânia aponta que o governador “errou tentando
acertar” e que o ponto negativo foi “ele ter dificuldade de ouvir”.

Explique

“Houve dificuldade (de Caiado) de deixar outros setores
participar. Ele se convenceu e impôs a sua verdade em um momento político muito
difícil, inclusive com a politização do debate com o Bolsonaro”, diz Francisco.

Nada de ninguém

Próximo à base de Jair Bolsonaro, Francisco Júnior avalia
que o presidente “não deve apoiar ninguém” em Goiânia, apesar da disputa entre
pré-candidatos bolsonaristas.

Na ativa

Depois de retomar postagens nas redes sociais em junho, após
17 meses de ausência, o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) postou pela
primeira vez neste mês para elogiar o trabalho de Jânio Darrot, em Trindade.

Das cinzas

A publicação faz referência à Romaria do Divino Pai Eterno,
mas só cita o Padre Robson no fim do texto e prioriza elogios ao presidente do
partido. O tucano intensificou articulações nos municípios nas últimas semanas.

Economia

Com mais de US$ 648,6 milhões em exportações no mês de
junho, o agronegócio fechou o mês sendo responsável por 85% de tudo o que foi
exportado por Goiás.

Setor em alta

O valor também é 60,5% maior do que o volume registrado no
mês de junho de 2019. O crescimento se deve à soja, carne bovina e açúcar. A
China continua sendo o principal destino das exportações goianas. 

Meio ambiente

A Advocacia-Geral da União obteve bloqueio de mais R$ 143
milhões em bens de desmatadores da Floresta Amazônica. Com isso, o valor total na
força-tarefa em defesa do bioma, montada pela instituição, passa dos R$ 570 milhões.

CURTAS

– O governo federal fará quatro grandes privatizações em até
90 dias, segundo afirmou o ministro da Economia, Paulo Guedes.

– Em entrevista à CNN, o ministro fez mistério e disse que
“vocês vão saber já, já. Estamos há um ano mapeando isso”.

– O Sindicato dos docentes da UFG solicitou ‘auxílio
conectividade’ para professores em aulas remotas devido à pandemia.

 

Compartilhe: