Coluna

Rodney Miranda descarta disputar mandato eletivo em 2022

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 04 de outubro de 2021

Apesar do incentivo de políticos e autoridades estaduais, o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda (Republicanos) não pensa em disputar mandato eletivo nas eleições de 2022. O nome de Miranda ganhou visibilidade durante a caçado ao serial killer Lázaro Barbosa, morto em confronto com a polícia após 20 dias de fuga. Ex-deputado federal, ex-prefeito de Vila Velha (ES) e delegado aposentado da P F, ele comandou as secretarias de Segurança de Pernambuco e Espírito Santo. O plano dele é encerrar o primeiro mandato do governador Ronaldo Caiado (DEM) à frente da pasta e continuar garantindo tranquilidade à população do Estado e nas eleições do ano que vem. 

Prioridade  

Mais do que nos estados, o PT mira as eleições presidenciais, depois da prisão do ex-presidente Lula e das absolvições pelo STF. Tanto que Goiás nem entra na formação de palanques ao ex-presidente. Mas deve lançar nome ainda indefinido, em aliança com o PSB. 

Culpa da Petrobras 

Pré-candidato a senador por Goiás, pelo PSD, o ex-presidente do Banco Central e atual ministro da Fazendo do Governo de João Doria (SP), Henrique Meirelles, sai em defesa dos governadores e diz que quem de determina o preço dos combustíveis é a Petrobras. 

De olho 

O PSD de Vilmar Rocha vem acompanhado de perto as conversações do DEN com o PP de Alexandre Baldy, considerando que está em jogo a única vaga ao Senado na chapa governista. 

No encalço 

Em paralelo aos encontros regionais do MDB, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (sem partido) continua com reuniões com políticos do interior, como os de Faina, Edealina, Senador Canedo, Indiara e Paranaiguara. 

Pelo interior 

Prefeitos do MDB estão sendo orientados a participar e eventos de Ronaldo Caiado, com a formalização da aliança do partido com o DEM, que terá Daniel Vilela como vice na chapa governista. 

Volta às aulas 

De tanto insistir, o Ministério Público Federal em Goiás conseguiu liminar para que o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano) retome atividades híbridas de aulas. 

Referendo  

O plenário do TCE referendou decisão do conselheiro Celmar Rech, de restabelecimento das cotas de procedimentos médicos exames eletivos pelo Ipasgo, cuja restrição resultou na queda de Hélio José Lopes, do DEM de Anápolis. 

Ao Senado 

Com seu nome ventilado para uma eventual disputa ao Senador, por Goiás, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, gravou vídeo e postou em suas redes sociais sobre o contrato de leilão para duplicar a BR-153. 

Passaporte  

Assim como na Câmara de Goiânia, tramita na Assembleia Legislativa proposta que proíbe a exigência de apresentação do cartão de vacinação de vacina contra a Covid-19 para acesso a locais públicos e privados. 

CURTAS 

– A proibição de transexual em equipes e times esportivos e em competições em Goiás, proposta pelo deputado Cairo Salim (Pros), por meio de projeto de lei que tramita na Alego, tem a reprovação de 27 internautas contra nenhum a favor. 

Compartilhe: