Coluna

Ronaldo Caiado atinge quase 54% de aprovação na gestão de Segurança Pública

Publicado por: Yago Sales | Postado em: 07 de junho de 2022

Mesmo com erros na comunicação com os goianos – foram quatro trocas na Secom -, a gestão de Ronaldo Caiado (UB) tem a aprovação em pelo menos quatro frentes determinantes na vida do cidadão: Saúde, Segurança, Educação e Infraestrutura. A peleja do morador da Casa Verde, que bate ponto no Palácio das Esmeraldas e, há um ano mais especificamente, anda por Goiás em busca de mostrar os feitos nos últimos três anos e meio, pode ter influenciado no reconhecimento demonstrado em dados colhidas pelo Instituto de Pesquisa de Opinião e Mercado, FoxMappin, do Grupo O Hoje. Na corrida pela reeleição, o governador pode gabar-se de ter 53,56% –  ótima ou boa – de aprovação nos resultados do trato com a Segurança Pública. Sob o mantra de que em Goiás, “Ou o bandido muda de Goiás, ou muda de profissão”, Caiado deve muito às ações policiais que, ostensivamente – no caso da Polícia Militar- e na conclusão de casos – no caso da Polícia Civil – teve queda substancial na criminalidade e aumento da sensação de segurança.  Na Saúde, 44,02% do eleitorado considerou a gestão Caiado ótima ou boa para esse segmento. Na Educação, 39,66% consideram a Educação ótima ou boa. Já os investimentos em Infraestrutura obteve, como ótima ou boa, 36,09%. 

Critério

O repórter Felipe Cardoso se debruçou sobre os dados da pesquisa realizada entre os dias 28 a 31 de maio de 2022, em que 870 pessoas, acima de 16 anos, foram entrevistadas. 

Uma ‘eternidade’

Após uma cerimônia de quase três horas, o bispo diocesano Dom Adair José pediu desculpas pela demora da missa de encerramento da Festa do Divino Espírito Santo, em Formosa, na noite do último domingo.

Pagando os ‘pecados’

Em seguida, o bispo completou que o governador Ronaldo Caiado precisava ouvir o sermão como “forma de penitência”. O governador ouviu todo o sermão ao lado de outros políticos como o pré-candidato ao Senado Alexandre Baldy, o prefeito da cidade Gustavo Marques de Oliveira e da primeira-dama, Caroline Marques.

Sem direção 

O prefeito Rogério Cruz (Republicanos) terá de explicar ao Ministério Público de Goiás (MPGO) o motivo da falta de transporte escolar a crianças de diversas regiões. O caso foi adiantado pela Xadrez em maio. 

Memória

O vereador Mauro Rubem (PT) promove, no próximo dia 9, Audiência Pública para discutir e propor novas ideias para revitalizar o centro histórico e pioneiro de Goiânia. O evento também tratará do tombamento do único roteiro art déco da região central. 

Experiência

Uma comitiva goiana do setor de alimentos, como bares e restaurantes, participa, entre 7 e 11 de junho, na Expo Center Norte, em São Paulo (SP), da maior feira de alimentação da América Latina: a Fispal Food Service.

Preocupação 

A imprensa internacional voltou os olhos atentamente à Amazônia após comunicado de desaparecimento do jornalista britânico Dom Phillips e do servidor da Funai (Fundação Nacional do Índio) Bruno Araújo Pereira. 

Ação

Dom Phillips, repórter do jornal inglês The Guardian e o indigenista desapareceram dias depois de sofrerem ameaças na região de conflitos conflagrados entre grileiros e indígenas. 

Curta

MPGO pede que Paço, contrariando os interesses do presidente da Casa, Romário Policarpo (Patriota), vete lei que amplia atribuições da GCM.

Compartilhe: