Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Coluna

Saneago mantém “cabeça aberta” sobre parcerias e subdelegações

Publicado por: Sheyla Sousa | Postado em: 28 de julho de 2018

Depois da regularização dos investimentos realizados com
execução da empresa BRK Ambiental (Brokfield) em Aparecida de Goiânia, Jataí,
Trindade e Rio Verde, a Saneago volta a considerar novas parcerias com a
iniciativa privada para garantir obras que somarão até R$ 8 bilhões nos
próximos anos. Ainda presidente da empresa, Jalles Fontoura aponta que a opção,
além da possibilidade de novas subdelegações, é a operação no mercado
financeiro, com a abertura de capital da estatal e venda de ações. “Nós temos
convicção de que a Saneago tem que ser estatal. Esse modelo é muito adequado,
tanto que 226 municípios (92% do total) já têm água e esgoto da empresa. Esse
modelo é bom, mas a gente não pode fechar os olhos porque, para terminar o
sistema de esgoto, nós vamos ter que investir de R$ 6 a R$ 8 bilhões”, conta
Jalles. “A gente não vai conseguir só com taxas de água e esgoto. É preciso ter
a cabeça aberta para parcerias. Manter o modelo estatal, mas fazer parcerias
como essa da BRK. A responsabilidade continua sendo toda da Saneago”.

De saída

Continua após a publicidade

Jalles deixará o comando da Saneago no dia 1º de agosto,
para trabalhar na coordenação política da campanha de José Eliton (PSDB). O
tucano se junta a João Furtado Neto, que também deixará o governo para ser
coordenador financeiro.

Na Capital

Além destes, o presidente da Agetop, Jayme Rincón (PSDB),
também deixa o posto no dia 1º para assumir a coordenação da campanha em
Goiânia. O foco é buscar reafirmar a imagem do governador na Capital. Resta
saber quem serão os substitutos.

Categorias debatem
licença ao TJ

A Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego) se
manifestou favoravelmente à concessão de licença-prêmio para juízes e criticou
o posicionamento da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO) sobre o assunto. “A
advocacia critica a licença-prêmio da magistratura, mas não debate os
honorários milionários cuja origem não é apurada. Honorários produtos de crimes
também são produtos da corrupção, e deve haver seu perdimento em favor do
Estado”, apontou a entidade pelas redes sociais. A OAB criticou a possível
concessão de licenças retroativas a 1998, que custaria, R$ 220 milhões. O valor
seria bancado com economias resultantes de redução no horário de funcionamento
do Tribunal de Justiça, o que causou péssima repercussão e o projeto sequer
entrou na pauta de votações extras da Assembleia Legislativa.  A Asmego ainda argumentou que a magistratura
“deixou de ser a carreira mais atrativa” por ter “concursos mais difíceis,
maior grau de cobrança, carga e complexidade de trabalho, porém, não detém a
maior remuneração”.

CURTAS

Outro lado – O
Sindicato dos Advogados (Saeg) repudiou as críticas da Asmego, “que atacou a
advocacia” com “presunção abstrata e rótulos destituídos de fundamentos”.

Prevenção – A
Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra)
intensificou serviços de limpeza de bocas de lobo, para prevenção de enchentes.

Formação – A
Prefeitura de Goiânia realiza no dia 7 de agosto a 2ª edição do Programa de
Educação Previdenciária. A reforma volta à pauta no fim do recesso na Câmara.

Partido e vontade

Animado para possível candidatura ao Senado, Vanderlan
Cardoso (PP) mostra interesse em composição na oposição para o pleito, enquanto
deixa em aberto a vice na base governista. Tudo ainda depende de Alexandre
Baldy e do caminho nacional.

À definição

A próxima semana promete ser quente com as convenções
partidárias. Começa neste domingo com a definição do Psol e a candidatura do
professor Weslei. Os maiores partidos marcaram agendas para sábado (4) e
domingo (5).

Acerto anterior

Depois da reunião nesta semana entre Vilmar Rocha e
deputados do PSD, o partido confirmará até quarta-feira (1) o caminho que
seguirá nesta eleição – ao que tudo indica, fica na base.

Resposta

Depois de novas movimentações do senador Ronaldo Caiado
(DEM) junto a igrejas e lideranças religiosas, nesta semana, o governador José
Eliton (PSDB) participou de um périplo religioso, de várias igrejas, na cidade
de Uruaçu.

Valores

“Reafirmo meu compromisso com os valores cristãos,
importantes na defesa da vida e da família. Valores que ajudam a construir uma
sociedade mais justa. A igreja e o Estado têm importante papel de realizar
sonhos, de mudar vidas”, disse o governador.

Qualificação

Duas unidades de internação de jovens infratores em Goiânia
receberão cursos de capacitação para servidores, pais e internos maiores de 18
anos. Resultado de parceria entre o Ministério Público, Secretaria Cidadã e
Senar-GO.