Coluna

Servidores flagrados usando veículos oficiais para uso particular

Publicado por: Venceslau Pimentel | Postado em: 01 de maio de 2021

A Secretaria da Economia flagrou uso de veículos do Estado em viagens particulares, transporte de servidores para residência, mudanças de endereço e compras em supermercados. A revelação é da Corregedoria da pasta. E para prevenir esse tipo de ocorrência e marcar firme no monitoramento dos veículos, a secretária Cristiane Schmidt discutiu o assunto com membros da Superintendência de Gestão Integrada e da Corregedoria Fiscal, como forma de aprimorar o controle do uso da frota na esfera da pasta. A Corregedoria e a Superintendência de Gestão atuam em conjunto para alinhar as medidas para acabar com infrações. 

Punição  

A Corregedoria Fiscal assegura que infrações disciplinares têm tratamento rigoroso no Estatuto do Servidor, que prevê como penalidade suspensão de 31 a 60 dias do servidor que atentar contra as normas jurídicas. 

Sob pressão  

Com a tramitação da PEC que estingue o Tribunal de Contas dos Municípios entrando em contagem regressiva para a sua apreciação em plenário, a pressão recaiu nos ombros do conselheiro Nilo Resende, para que ele peça aposentadoria, para ceder vaga à Alego.  

Carimbado  

Ex-deputado estadual, com base eleitoral na região de Quirinópolis, Nilo Resende foi indicado para o TCM, pela Alego, em abril de 2013, e nomeado por decreto do então governador Marconi Perillo. 

Renda mínima 

Da tribuna, o deputado Antônio Gomide (PT) insiste em sensibilizar o governo pela criação de um programa de renda mínima. Ele observa que 18 Estados e também o Distrito Federal já contam com programas de auxílio às famílias vulneráveis. “Além da covid-19 é preciso combater a fome”, sentencia. 

Terreno marcado

Por conta de posições contrárias manifestadas pelo prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), o deputado Professor Alcides (PP) fez questão de prestigiar a posse da vereadora Valéria Pettersen no comando da Secretaria de Relações Institucionais da Prefeitura de Goiânia. 

De pijama  

Investigado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), por denúncia de recebimento de R$ 800 mil, por suposto favorecimento a uma usina de álcool, quanto à concessão de causa judicial, o desembargador Orloff Neves Rocha pediu aposentadoria voluntária, já concedida pelo presidente do Tribunal de Justiça, Carlos Alberto França. 

Prestígio  

Enquanto o senador Luz do Carmo (MDB) reclama que está sendo, antecipadamente, alijado da chapa majoritária governistas, para tentar a reeleição, o nome quase certo – o secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles (PSD) foi convidado pelo deputado correligionário Francisco Jr para participar de audiência sobre retomada econômica. 

Na berlinda 

Depois de Leia Klebia (PSC) ter o seu mandato questionado pelo Psol, por irregularidade quanto à cota feminina, agora chegou a vez dos vereador de Goiânia Edgar Gomes e Wilson Pereira, ambos do PMN, pelo mesmo motivo. 

CURTAS 

– Por meio de ofício, o Ministério Público Federal cobrou informações das prefeituras de Morrinhos, Goiatuba e Itumbiara, sobre o plano de imunização de professores contra a Covid-19. 

– Por decisão do Tribunal Superior Eleitoral, fica mantido o poder da polícia judiciária para instaurar inquérito de ofício e apurar infrações eleitorais. 

Compartilhe: