Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Coluna

Vitória de Milei pode ajudar os candidatos da direita brasileira

Publicado por: Wilson Silvestre | Postado em: 22 de novembro de 2023

O fato mais relevante na política e com reflexos nos países do chamado “Cone Sul”, foi a vitória de Javier Milei na Argentina neste domingo (19). Mais do que uma disputa eleitoral, o ativo influenciador desta vitória certamente não será a produção agrícola ou industrial, mas sobretudo, ideológica. Tanto que as farpas entre o governo do presidente Lula e Milei reproduzidas na mídia, dão mostras que, mesmo precisando um do outro no campo comercial, vão ranger os dentes um para o outro. Não à toa que Milei prontamente convidou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) para sua posse, gesto interpretado como uma “pisada no calo de Lula”. Para entender melhor esta relação entre os dois países, a coluna conversou com o professor, consultor em estratégias política e cientista social, Paulo Kramer que de imediato cravou: “O resultado da eleição presidencial na Argentina energiza a direita brasileira, sugerindo fortemente que um novo “efeito-orloff” é possível”. Em sua avaliação, com Bolsonaro inelegível, mas com um capital político conservador poucas vezes visto no país, haverá uma maior procura por um nome viável para derrotar o lulopetismo em 2026. “Mas, antes da eleição presidencial, a estrada rumo ao Palácio do Planalto passa pelos palácios mais modestos que são as prefeituras. Quem for se apresentar como candidato a presidente da direita, tem que mostrar o dever de casa, ou seja, conquistar uma grande base política nos municípios de seus estados”.

Caiado e Zema livres

Dois pretendentes a desalojar Lula do Palácio do Alvorada em 2026, os governadores de Goiás, Ronaldo Caiado (UB) e o de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) têm uma leve vantagem em relação aos outros concorrentes. Eles não vão disputar reeleição, portanto, ficam mais à vontade para amarrar alianças e viajaram pelo país. “Eles vão trabalhar para que a conquista de prefeituras em seus estados, seja uma espécie de plebiscito contra o lulopetismo”, pontua Kramer.

Continua após a publicidade

Desafios de Tarcísio

No caso de São Paulo, Kramer acredita que Tarcísio não vai se descuidar ninguém poderá descuidar do seu próprio ‘quintal’, pois derrotas significativas ‘em casa’ repercutem nas perspectivas presidenciais de cada um. “Tarcísio está consciente da má vontade do eleitor paulista para com governadores que veem o Palácio dos Bandeirantes como trampolim para voos nacionais. Além disso, terá o desafio de derrotar as pretensões da esquerda na Capital do Estado”, registra Kramer.      

Lide multinacional

Inaugurado o escritório do LIDE, em Riyadh, Arábia Saudita. Essa é a 16ª unidade internacional do LIDE. E vai contribuir para aumentar os negócios e as relações econômicas entre o Brasil e Arábia Saudita. Um enorme potencial.

 “Estilo Maciel”      

O liberal que fez da convergência e o diálogo, um estilo singular de se fazer política. Ponto de partida do livro escrito pelo jornalista pernambucano, Magno Martins sobre o ex-vice-presidente da República, Marco Maciel. O livro “O Estilo Marco Maciel” tem lançamento em Goiânia nesta quarta-feira (22), às 18 horas, no Salão Nobre da Alego.

Liberal humanista

Marco Maciel foi professor, advogado, deputado estadual, federal, senador e governador em Pernambuco. Ministro e vice-presidente onde inaugurou “O Estilo Marco Maciel”. Ele tinha afinidade em Goiás, estado do seu genro e atual secretário da SIC, Joel Santana.

Jovair na ativa

Depois de um período meio ‘escanteado’ pelo entorno do prefeito Rogério Cruz, o secretário de Governo do município, Jovair Arantes, está de volta nas articulações políticas do Paço.