Terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

Diretor acusado de assédio por jornalista é afastado da RecordTV e da Igreja Universal

Márcio Santos era diretor de recursos humanos e pastor da Universal

Postado em: 28-11-2023 às 17h02
Por: Ana Beatriz Santiago
Imagem Ilustrando a Notícia: Diretor acusado de assédio por jornalista é afastado da RecordTV e da Igreja Universal
Imagem; reprodução/redes sociais

O diretor de recursos humanos, Márcio Santos, foi afastado de suas funções na RecordTV e na Igreja Universal do Reino de Deus após graves acusações de assédio sexual feitas pelo jornalista Elian Matte.

Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, Santos continuará empregado na Record por um período adicional de um ano, sujeito ao desenrolar das investigações policiais. Após este prazo, a emissora tomará uma decisão final sobre a continuidade ou demissão do diretor.

A Igreja Universal, por sua vez, emitiu uma nota à Folha afirmando que não tolera a presença de funcionários investigados pela polícia. Ressaltaram ainda que Santos desempenhava um papel de voluntário e destacaram a falta de controle sobre a vida privada do ex-diretor. Enquanto as investigações estiverem em curso, ele permanecerá afastado das atividades na instituição religiosa.

Continua após a publicidade

A RecordTV ainda não se pronunciou oficialmente.

As acusações feitas por Elian Matte surgiram como parte dos relatos sobre casos de assédio na Record publicados recentemente pela revista Piauí. Matte, que atuava como roteirista do programa de Roberto Cabrini, apresentou um boletim de ocorrência onde constam conversas de WhatsApp como prova do assédio. Nessas mensagens, Santos persistiu com questionamentos invasivos sobre aspectos íntimos do jornalista, como o tamanho de seu órgão genital, além de alegações de ciúmes doentios e suposta necessidade de ajuda médica.

Matte também denunciou ter sido constantemente vigiado através das câmeras de segurança da Record, além de receber frequentes convites para encontros e presentes por parte de Santos. Em consequência do assédio, relatou ter desenvolvido síndrome de Burnout e crises de pânico.

Veja Também