Saúde movimenta campus da UFG

O “Bloco da saúde”, uma parceria entre a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e a Faculdade de

Postado em: 06-02-2016 às 00h00
Por: Redação

O “Bloco da saúde”, uma parceria entre a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e a Faculdade de Enfermagem da UFG movimentou o Campus Samambaia na tarde de ontem, 04. Ao propor que “Quem ama cuida, quem ama doa” as instituições aproveitaram a proximidade do feriado de carnaval para reforçarem a importância da utilização de preservativos e doação de sangue. Durante a ação, além de orientações para quem deseja ser um doador de sangue, foram realizados cerca de 40 testes rápidos para detecção do vírus HIV e distribuição de camisinhas e lubrificantes.

A professora da Faculdade de Enfermagem (FEN) da Universidade Federal de Goiás, Karlla Caetano, destacou a necessidade de se conversar com os jovens sobre as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) visto que os dados do Ministério da Saúde apontam vulnerabilidades neste público em relação a elas, em especial ao HIV/Aids. 

De acordo com o último Boletim Epidemiológico HIV/Aids divulgado no início de novembro de 2015 pelo Ministério da Saúde, 781 mil pessoas vivem com o vírus no Brasil, mas 20% delas não sabem que estão infectadas. A testagem para o HIV é fundamental para o diagnóstico precoce, o que proporciona o início do tratamento com antirretrovirais, cujo acesso é gratuito no Sistema Único de Saúde, o SUS.

Continua após a publicidade

A comunidade acadêmica da Universidade se interessou pelo evento e cerca de 150 pessoas passaram pelas imediações do Restaurante Universitário para conferirem a ação. O professor da FEN, Marcos André de Matos, esclareceu as dúvidas dos presentes e deu orientações sobre sexualidade. “O pessoal ficou surpreso ao saber que no Brasil existe uma variedade de tamanhos disponíveis de preservativos masculinos. O SUS oferece de forma facilitado dois deles, o convencional de 52 milímetros de diâmetro e o de adolescentes que tem 49mm”, explicou o professor.

Os interessados em receberem orientações sobre DSTs e se testarem para as doenças podem procurar o Centro de Saúde do Campus Samambaia. A unidade de saúde que existem a dois anos é fruto de uma parceria da Prefeitura de Goiânia e UFG. A comunidade acadêmica pode entrar em contato pelo telefone (62) 3521-1868 e agendar um atendimento. As equipes atendem às quartas-feiras, das 13h30 ás 17h30, com horário marcado. As consultas são individuais.

 

Veja Também