Go têm 87% de água encanada nas casas

Levantamento realizado pelo MC mostra mapa do serviço de água e esgoto no Brasil

Postado em: 17-02-2016 às 00h00
Por: Redação
Levantamento realizado pelo MC mostra mapa do serviço de água e esgoto no Brasil

Karla Araujo

Dos 6,5 milhões habitantes de Goiás, quase 3 milhões possuem esgoto em suas residências. Em números absolutos, a população total em Goiás contemplada com o serviço é de 2.943.908 habitantes. A população urbana que conta com o serviço é de 2.931.002. Os dados fazem parte da 20ª edição do Diagnóstico dos Serviços de Água e Esgotos e são referentes a 2014. O levantamento foi divulgado ontem (16) pelo Ministério das Cidades (MC), por meio da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental.

Em relação ao abastecimento de água, 5,6 milhões de habitantes de Goiás são atendidos. O número corresponde a 86,81% da população. Nas cidades, o índice de abastecimento chega a 95,47%. Em todo o Brasil, 156,4 milhões de brasileiros moradores em áreas urbanas são atendidos por redes públicas de abastecimento de água. Já a construção de coletores de esgotos beneficiou em 2014 mais 3,5 milhões de habitantes. 

Continua após a publicidade

De acordo com o levantamento, 1.407.022 pessoas possuem água encanada em Goiânia. Na capital são 1.190.558 habitantes com rede de esgoto, mas apenas 55.909,32 destes têm o esgoto de suas residências tratado. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população estimada na capital é de 1.430.697 habitantes, ou seja, a água encanada atende quase 100% da população goianiense.

Ainda segundo o diagnóstico, em Aparecida de Goiânia, 361.507 pessoas são atendidas com abastecimento de água e 112.755 habitantes têm rede de esgoto. De acordo com o IBGE, o município tem população de pouco mais de meio milhão de pessoas.

Goiás

No Centro-Oeste, Goiás tem o segundo maior índice de consumo de água. O Estado fica atrás do Distrito Federal e é seguido pelo Mato Grosso, em terceiro lugar, e Mato Grosso do Sul, em quarto. De acordo com o levantamento, o consumo médio per capita de água no Estado de Goiás é de 148,23 litros por habitante ao dia. 

O Mato Grosso tem o segundo maior consumo per capita, de 161,85. Em seguida está Mato Grosso do Sul, com 154,82.  O primeiro é o Distrito Federal, com 180,46 litros por habitante ao dia. Em todo o Brasil, o Rio de Janeiro é o estado com maior consumo per capita de água, com 250,81 litros por habitantes ao dia. 

O levantamento revelou que o consumo médio per capita de água no País é de 162 litros por habitante ao dia, uma queda de 2,6% em relação a 2013. A população do Nordeste consumiu em média 118,9 litros, enquanto que no Sudeste foi de 187,9 litros. Por sua vez, ao distribuir água para garantir tal consumo, as redes sofreram perdas na distribuição, que na média nacional alcançaram 36,7%, mantendo-se praticamente no mesmo patamar de 2012 e 2013.

Metodologia 

O levantamento é auto-declarável, ou seja, realizado com base nas informações cedidas livremente por companhias estaduais, empresas e autarquias municipais, empresas privadas, secretarias e departamentos das prefeituras, responsáveis pela prestação dos serviços de água e esgotos. Em todo o País, 5.114 municípios informaram os dados sobre abastecimento. Os números sobre a rede de esgoto são de 4.030 municípios brasileiros.

 

Veja Também